Governo de Rondônia investe R$ 800 mil na instalação de geradores de energia em presídios

Governo de Rondônia investe R$ 800 mil na instalação de geradores de energia em presídios

Porto Velho, RO O Governo de Rondônia está investindo cerca de R$ 800 mil na aquisição e instalação de seis grupos geradores de energia elétrica para atender as necessidades emergenciais de presídios da Capital e interior do Estado, como parte do protocolo de segurança e melhoria das instalações penitenciárias do Estado.

Segundo o engenheiro Robson de Sousa, coordenador de Infraestrutura da Secretaria de Estado da Justiça (Cinfra/Sejus), os serviços estão sendo executados com recursos do Fundo Penitenciário (R$ 793 mil) e as centrais já estão em fase final de instalação, e serão entregues até final deste mês (dia 29), com implantação nas seis primeiras unidades prisionais, de um total de nove, conforme foi a solicitação da Secretaria.

O pedido da Sejus, devidamente licitado, contemplou as unidades Centro de Ressocialização de Ariquemes, Centro de Ressocialização de Alvorada do Oeste, Colônia Agrícola Penal Ênio dos Santos Pinheiro, em Porto Velho, Casa de Detenção de Ji-Paraná, Penitenciária Regional Agenor Martins de Carvalho, em Ji-Paraná, e Casa de Detenção de Cacoal.

A melhoria e ampliação do sistema penitenciário do Estado é, na verdade, um projeto do governador Marcos Rocha, que foi gestor da Sejus antes de ser eleito governador do Estado, e, para ele, toda iniciativa da Administração Estadual nesta direção, passa obrigatoriamente por medidas práticas que estabeleçam respeito e dignidade humana no âmbito das instalações prisionais.

Os novos grupos geradores, segundo a Sejus, são uma segurança para as unidades, em casos excepcionais de falta de energia, e funcionarão sempre em caráter emergencial.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA