DER recupera 22% das estradas vicinais na região de Ji-Paraná

DER recupera 22% das estradas vicinais na região de Ji-Paraná

Porto Velho, RO – Com atuação em três frentes de trabalho nas estradas vicinais, as equipes do Departamento de Estradas de Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) vão concluir, em junho, 22% do total de 304 quilômetros da malha rodoviária em estrada de chão na região de Ji-Paraná.

A meta é cumprir o planejamento de recuperação e manutenção antes de iniciar o período chuvoso amazônico, em outubro. A área é de competência da 8ª Residência Regional do órgão instalado em Ji-Paraná.

O serviço executado é de reconformação de plataforma (patrolamento da estrada), encascalhamento e limpezas das laterais das vias e dos bueiros. As pontes e bueiros já foram recuperados anteriormente nos trechos em que estão recebendo as atuais melhorias.

Pela programação do residente do DER local, engenheiro Klayson Furtado, os operários finalizaram 15 quilômetros da rodovia RO-476 no trecho que liga a rodovia BR-364 à linha 128, principal acesso ao distrito de Novo Riachuelo, em Presidente Médici.

Os dois quilômetros desta mesma linha também estão prontos. Outros 19,4 quilômetros entre a linha 128 e a sede do distrito, na mesma RO-476, o serviço segue em fase de finalização. A economia do distrito é sólida na produção de café e pecuária leiteira e de corte.

Administrador de Novo Riachuelo, Edirlei Cassimiro, afirma que o serviço é de alta qualidade

 

“A condição da estrada está impecável. Com certeza nossa produção vai chegar com mais agilidade e segurança nos destinos, que são as três cidades mais próximas”, declarou o administrador de Novo Riachuelo, Edirlei Cassimiro, agradecido pelo empenho do governo estadual em garantir o escoamento produtivo. “Serviço como esse só aconteceu há 15 anos”, admite Cassimiro, morador do distrito há 36 anos.

A recuperação e manutenção das vias são serviços continuados com a finalidade de promover a trafegabilidade em excelentes condições, assegurando o fluxo dos usuários e a vazão da produtividade. “A rapidez deste trabalho acontece devido ao prévio planejamento técnico. Este ano, a 8ª Residência efetivou 30% a mais na realização de recuperação de estradas se compararmos a atuação no mesmo período do ano passado”, avalia o coordenador operacional e de fiscalização do DER, engenheiro Carlos Morais, que vistoriou as atividades em execução.

MAIS FRENTES DE TRABALHO

Os reparos em vias de escoamento produtivo seguem no KM 9 e na rodovia RO-472, esta última em trecho asfaltado urbano de Ji-Paraná que recebe tapa buracos e limpeza das laterais. Na zona rural os trabalhos continuam em andamento com patrolamento e encascalhamento da estrada. As limpezas das laterais das vias, bem como o desentupimento de bueiros também acontecem no mesmo ritmo.

“Ao todo envolvemos a mão de obra de 30 servidores do DER nessas operações que ocorrem simultaneamente na região. Em seguida, vamos avançar para outras estradas e aplicar o mesmo tratamento de qualidade”, anuncia o engenheiro Klayson Furtado, que esteve acompanhado nas vistorias técnicas do técnico Gerenildo Oliveira, da Secretaria Regional de Governo de Ji-Paraná.

NOVA OFICINA

A nova oficina do DER em Ji-Paraná tem capacidade de abrigar até 14 veículos pesados ao mesmo tempo

Na sede da 8ª Residência Regional um novo galpão está sendo concluído, capaz de acomodar simultaneamente até 14 veículos pesados. O espaço vai abrigar a oficina, além de possibilitar o armazenamento de ferramentas e peças de reposição de veículos e máquinas pesadas em ambiente mais bem protegido.

“Em breve vamos trabalhar em local com amplo espaço e confortável”, disse o mecânico de tratores Gelson Andrade Rosa.

O pedreiro Eduardo Cândido da Silva assegurou que “a qualidade da estrutura está muito boa”.

“A atual oficina, improvisada e em construção de madeira, ainda funciona de forma precária. O novo ambiente vai proporcionar conforto e comodidade a todos”, ressaltou o residente do órgão, Klayson Furtado.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA