A Prefeitura de Porto Velho lançou na segunda-feira (29), o GAL-Integração, um sistema informatizado próprio, que possibilita acesso rápido, por meio eletrônico, do cidadão ao resultado do exame para detectar a Covid-19. Se o paciente for considerado positivo para o vírus, receberá na mesma ocasião a notificação de isolamento e outras informações de natureza sanitária que devem ser seguidas.

 

“Com este sistema vamos melhorar a integração do usuário do SUS na consulta do exame de Covid-19. É uma grande conquista”, avalia Geisa Brasil Ribeiro, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), que faz parte da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

 

Ela explica que a Prefeitura buscou, junto à Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação e Pesquisas (SMTI), uma forma de dar acesso mais ágil dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) aos resultados dos exames para detectar a Covid-19.

 

“O resultado fica disponível entre 48 a 72 horas após a data de realização do exame. Este é o tempo em que o Laboratório Central de Saúde (LACEN), do governo do estado, demora para liberar o exame e fazermos a alimentação do sistema para que o paciente tenha acesso”, explica Geisa Ribeiro.

 

SOBRECARGA

 

A demanda surgiu em razão do número de consultas que provocam sobrecarga no atendimento nos telefones da Prefeitura, através da Vigilância Epidemiológica e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância Sanitária (Cievs) Municipal. A demanda também pode atrasar a notificação dos pacientes.

 

GAL é a sigla para Gerenciador de Ambiente Laboratorial, sistema do Ministério da Saúde, que foi criado para informatizar o Sistema Nacional de Saúde Pública das Redes Nacionais de Laboratórios de Vigilância Epidemiológica e Vigilância em Saúde Ambiental. É ele que envia os resultados dos exames laboratoriais de casos suspeitos ou confirmados das Doenças de Notificação Compulsória ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinam).

 

 

O sistema GAL-Integração, da Prefeitura de Porto Velho, permite ao usuário do SUS o acesso à consulta e impressão de resultados de exames COVID-19, o que não é possível no sistema do Ministério da Saúde.

 

 

Segundo Saulo Nascimento, superintendente da SMTI, através deste sistema, que os usuários poderão acessar facilmente, será possível, também, imprimir os resultados dos exames. O documento fica disponível em formato PDF e pode ser impresso.

 

Se positivado, o paciente recebe notificação de isolamento e outras informaçõesSe positivado, o paciente recebe notificação de isolamento e outras informaçõesO resultado do exame pode ser positivo, negativo ou inconclusivo. O sistema emite, nos casos positivados, positivo, orientações sanitárias como evitar contato com outras pessoas, não sair de casa e ficar em isolamento.

Se for considerado inconclusivo, é emitida recomendação para que outro exame seja realizado.

 

Além das orientações de isolamento domiciliar, o sistema também emite informações importantes sobre a doença e dos contatos que devem ser feitos caso aconteça o agravamento de sinais ou sintomas.

 

INTERNET

 

O acesso ao sistema GAL-Integração é simples e pode ser feito através de computador ou telefone celular. Basta o usuário acessar o link abaixo, que está na página da Prefeitura de Porto Velho: https://examecovid19.portovelho.ro.gov.br/

 

O usuário deve fazer a busca usando o número do cartão do SUS ou data de nascimento associado ao nome da mãe. Não pode esquecer de ler o termo de aceitação.

 

 

Pioneiro em Rondônia, o sistema é exclusivo da Prefeitura de Porto Velho. Foi totalmente desenvolvido pela SMTI. Segundo o superintendente Saulo Nascimento, haverá benefícios para saúde pública. “Se um resultado for positivo, por exemplo, o usuário saberá logo que precisa ser isolado”, destacou.

 

No formato ainda em vigor, é o DVS que alimenta o Sistema e-SUS do Ministério da Saúde com os resultados dos exames, faz contato individualmente com todos os pacientes positivados, orienta sobre a quarentena, e faz o encaminhamento do resultado do exame por e-mail ou whats app.

 

Para Sid Orleans, coordenador do Cievs, o programa GAL-Integração oferece mais vantagens além da acessibilidade da população ao resultado dos seus exames. “Agora podemos deslocar profissionais para o trabalho de nossa competência, que tinha ficado em segundo plano em razão da sobrecarga de atendimentos individuais”, destacou.

 

Texto: Nonato Cruz
Fotos: Leandro Morais e Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui