Uma pesquisa que está sendo realizada por meio virtual pela Prefeitura de Porto Velho vai contribuir para que seja traçado o perfil do ciclista local e identificar as suas necessidades. As informações também servirão como subsídio na elaboração do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, que já está em andamento.

 

 

A pesquisa vem sendo elaborada desde o início de março deste ano pela Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), por determinação do prefeito Hildon Chaves, e foi lançada no dia 19 de abril, com término previsto para o dia 3 de maio. Para participar, basta o ciclista acessar o link aqui e preencher o formulário.

 

 

Entre outras informações, a Prefeitura quer saber os trechos mais utilizados por quem anda de bicicleta, a frequência, quais os dias da semana, os horários, os principais problemas enfrentados nas vias públicas. O questionário também pede comentários sobre o que conhecem a respeito das ciclovias ou ciclofaixas, qual a opinião sobre a infraestrutura cicloviária da cidade e o que sugerem como melhorias.

 

 

DEMANDAS

Pesquisa é realizada de forma on-linePesquisa é realizada de forma on-line

Conforme o secretário Ronaldo Flores, da Semtran, ao final da sondagem os dados serão coletados e transformados em gráficos e tabelas. “A partir daí, iniciaremos o trabalho em cima das demandas apresentadas, para que possamos realizar aquilo que estiver ao nosso alcance com a maior celeridade possível”, frisou.

 

 

Entre as ações que podem ser realizadas pelo município com maior rapidez, a partir dos dados coletados, o diretor de Mobilidade e Pólo Gerador de Tráfego, Décio Henrique de Souza, destaca a definição do mapa cicloviário atualizado com a criação de novas alternativas para os ciclistas, revitalização das ciclovias nas avenidas Mamoré e José Vieira Caúla, e a criação de espaços de treinamentos para quem pratica o ciclismo por esporte.

 

 

PLANO

 

Ao mesmo tempo em que uma equipe da Semtran cuidará de sanar as demandas mais urgentes identificadas na pesquisa, outra continuará trabalhando na construção do Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

 

Nesse sentido, Souza explica que serão realizadas audiências públicas com os mais diversos segmentos da sociedade, órgãos governamentais e entidades representativas, como o Conselho da Cidade (Comcidade) e a Federação dos Ciclistas de Rondônia. Esta última, inclusive, ajudou a elaborar a pesquisa que está em curso.

Com os dados, será possível trabalhar em cima da demanda apresentadaCom os dados, será possível trabalhar em cima da demanda apresentada

“Só então o projeto estará pronto para ser votado na Câmara Municipal”, completou Décio de Souza.

 

 

POLÍTICA

 

 

O Plano Municipal de Mobilidade Urbana faz parte da Política Nacional de Mobilidade Urbana, definida pela lei 12.587/2012. Tem como objetivo fazer a integração do desenvolvimento urbano das cidades (com mais de 20 mil habitantes) com os diferentes meios de transporte, primando sempre pela inclusão social, acessibilidade e respeito ao meio ambiente.

 

 

Com isso, espera-se facilitar o acesso das pessoas aos serviços básicos e equipamentos públicos, reduzir as desigualdades, promover o desenvolvimento sustentável e fortalecer a democracia.

 

 

Texto: Augusto Soares
Fotos: Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui