O cérebro!!! Vice prefeito de Cacoal Cássio Góis causa brigas e improdutividade de servidores.

Após rumores de que o vice prefeito de Cacoal que poderia se lançar a candidato a Deputado Estadual, vários possíveis portariados estariam se aproximando e sendo pendurados como cabides na prefeitura de Cacoal.

Reza á lenda, o que se sabe nos bastidores da política é que o cérebro da prefeitura de Cacoal, bom pelo menos é como o possível candidato a deputado gosta de ser chamado e exige dos servidores para que assim seja chamado, principalmente dos funcionários com cargo de confiança, que ele mesmo vem nomeando e muitos deles sem ao menos passar pelo crivo do chefe do poder executivo ” Adailton Fúria”.

O que se houve nos corredores da prefeitura, é que tudo que tem que ser resolvido, é para ser tratado com o jovem cérebro do palácio do café, pois ele mesmo afirma em conversas paralelas com servidores, é que ele pensa, ele executa, e o prodígio Fúria vai para as suas intermináveis lives, uns chegas a dizer que o prefeito já seria conhecido no estado como prefeito do celular, mas quem pilota o barco seria o “cérebro”.

Não bastasse o cabide de empregos para a suposta campanha do jovem Cássio, ou cérebro da prefeitura como preferirem ser chamado, a disputa agora estaria sendo entre os dois amigos, amizade essa já não vista por muitos como muito boa, prova disso é o chega pra lá que o prefeito das “lives” deu em seu auxiliar, um verdadeiro ‘babá” a tira a cola, que pensa e age, e as vezes age sem ao menos seu chefe saber, quando fica sabendo já está tudo definido ao bel prazer de Cássio Góis que insiste em fazer campanha antecipada com seus cargos disponíveis na manga.

Pelo que a população e servidores tem percebido é que o vice prefeito quer diminuir cada vez mais o protagonismo do prefeito Fúria e se colocar como o verdadeiro mandatário da capital do café.

Agora, resta saber quem vencerá essa queda de braço, se o prefeito das lives ou exigente cérebro como gosta de ser chamado.

Vamos aguardar para ver quem pode mais.!!!

Como o vice Cássio não consegue adquirir popularidade e aceitação em meio o eleitorado e menos ainda entre os servidores, o jovem prefeito prodígio pode lançar sua esposa a deputada ou ainda um de seus secretários que fazem campanha pela tangente sem chamar atenção.


Da redação jornalista Odinei Padilha / Roberto virgulino

Fonte: oncanews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui