A Prefeitura de Porto Velho realizou sexta-feira (24), como parte das celebrações do Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais (Libras), o Encontro Formativo – A Lei de Libras – “Reflexões sobre as conquistas e trajetórias na Educação de surdos”.

 

No evento, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e realizado no formato virtual, aconteceu a formação continuada de professores. A qualificação garante o ensino aos alunos e o domínio da metodologia bilíngue, pois atende as necessidades dos estudantes surdos.

 

“É fundamental que os profissionais saibam Libras e sejam bilíngues para que ocorra a verdadeira inclusão e acesso à comunicação no ambiente escolar”, explica Sirleia Araújo, diretora escolar, especialista em educação de surdos e interpretação e tradução da Língua Brasileira de Sinais.

 

Na rede municipal, os estudantes com deficiência na audição são ensinados, durante a pandemia, através de videoaulas e materiais impressos.

 

Os professores utilizam as redes sociais e o próprio ambiente virtual disponibilizado pela Semed.

 

Uma equipe com 17 profissionais, distribuídos entre pessoal de apoio, administrativo e professores, atende 153 alunos surdos. “Estes profissionais são muito importantes”, elogia Sirleia, referindo-se à equipe que atende os alunos.

 

Porto Velho conta com uma Escola Municipal BilínguePorto Velho conta com uma Escola Municipal Bilíngue

 

Ela explica que os profissionais possuem especialização na área de Libras e que o pessoal de apoio compreende o básico da língua para se comunicar com os alunos surdos e comunidade em geral.

 

Porto Velho conta ainda com uma Escola Municipal Bilíngue, que utiliza a Língua Brasileira de Sinais como primeira língua no processo de ensino aprendizagem dos alunos surdos, e o português escrito como metodologia de segunda língua, denominada L2. A escola completou oito anos no dia 11 passado.

 

 

Texto: Renata Beccária
Fotos: Wesley Pontes

 

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui