O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), investe em novas máquinas, veículos e equipamentos para as 14 Residências Regionais e as quatro Usinas de Asfalto do Estado.

Localizadas em Rolim de Moura, a 5ª Regional do DER e 4ª Usina de Asfalto do DER, responsáveis pelas rodovias pavimentadas e não pavimentadas da região da Zona da Mata já foram contempladas no mês de janeiro deste ano com uma retroescavadeira para atender as rodovias pavimentadas, um rolo compactador e uma escavadeira hidráulica “PC” para atender as rodovias não pavimentadas.

No último final de semana, o diretor-geral do DER, Elias Rezende, realizou a entrega de mais um caminhão caçamba e uma minicarregadeira (Bobcat) com os equipamentos: concha, fresa de asfalto e vassoura para 4ª Usina de Asfalto do DER.

Para o diretor-geral do DER, a aquisição de novos maquinários, veículos e equipamentos é uma vitória para o Estado de Rondônia. “Quando o governador, coronel Marcos Rocha assumiu o comando do Estado, apenas 10% dos maquinários do DER estavam funcionando. Seguimos a determinação do governador, para recuperarmos as máquinas e caminhões que estavam quebradas, foi um trabalho árduo, conseguimos consertar diversas, porém não eram suficientes. Foi necessário trabalhar, organizar a casa e planejar. Hoje estamos comprando máquinas e caminhões novos, dando condições de trabalho aos nossos servidores”, disse.

Em janeiro, Regional e Usina receberam maquinários

O gerente da 4ª Usina de asfalto do DER, Thiago Moreira, recebeu as chaves dos novos equipamentos e enfatizou a importância do investimento. “Com as novas aquisições, os trabalhos realizados pela 4ª Usina de Asfalto e a 5ª Regional do DER ganharão celeridade. Parabéns ao governador, coronel Marcos Rocha e ao vice-governador, José Jodan por investirem em melhorias no DER”, frisou.

Segundo o residente da 5ª Regional do DER, Ezequiel Cassol, a população recebe o benefício. “Todos os envolvidos no planejamento de aquisição de máquinas, veículos leves, pesados e equipamentos estão de parabéns. Quem sai ganhando com os novos equipamentos são os rondonienses que almejam estadas trafegáveis”, ponderou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui