A Polícia Federal deflagrou logo nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (24) a terceira fase da Operação Pedágio. As investigações tiveram início ainda em 2016, sobre grupo criminoso que fraudou licitações da administração pública de Ji-Paraná, na Região Central do estado.

Segundo apurado nas primeiras fases da operação, nas quais diversos envolvidos foram indiciados, empresários eram pressionados a pagar propina para que pudessem ganhar licitações e receber os pagamentos dos contratos com a prefeitura.

Já nesta terceira fase, voltada especificamente à lavagem de capitais, equipes de Policiais Federais da Delegacia de Ji-Paraná e da Superintendência Regional em Porto Velho deram cumprimento a 3 (três) mandados judiciais de busca e apreensão na capital rondoniense.

Os alvos foram dois indivíduos e uma empresa que teriam servido na lavagem de recursos ilicitamente auferidos por integrantes da organização.

O nome dado à operação, como bem exposto em suas fases precursoras, “faz referência a exigência do pagamento a integrantes da organização criminosa, para que pudesse continuar com a execução do contrato”.

Os procedimentos estão sendo formalizados na Superintendência Regional de Polícia Federal em Rondônia.

Comunicação Social da Polícia Federal

Polícia Federal deflagrada terceira fase da Operação Pedágio e apreende aeronave do grupo criminoso Polícia Federal deflagrada terceira fase da Operação Pedágio e apreende aeronave do grupo criminoso Polícia Federal deflagrada terceira fase da Operação Pedágio e apreende aeronave do grupo criminoso Polícia Federal deflagrada terceira fase da Operação Pedágio e apreende aeronave do grupo criminoso

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui