O deputado Cirone Deiró (PODE) encaminhou ao governador Marcos Rocha proposta que prevê a isenção do IPVA para os setores mais atingidos pela crise econômica em decorrência da pandemia. Entre os segmentos que o deputado defende a isenção do IPVA, em 2021, estão os restaurantes, bares, lanchonetes, hotéis e similares, empresas de fretamento turístico e veículos destinados ao transporte de passageiros por meio do aplicativo, além de buffet, organização de eventos e danceterias. Todos os veículos usados para essas atividades serão beneficiados pela proposta do deputado que também contempla às motocicletas de até 160 cilindradas.

Esse pedido nasceu a partir da reivindicação de representantes dos segmentos mais atingidos pela pandemia. Tenho ouvido empreendedores e trabalhadores nos municípios, e as dificuldades relatadas me motivou a apresentar essa proposta ao governo”, esclareceu. Cirone Deiró informou ainda que para facilitar o trabalho dos técnicos do governo, uma minuta do projeto de lei foi encaminha a Casa Civil, ao Departamento Estadual de Trânsito – Detran e a Secretaria de Finanças do Estado de Rondônia – Sefin.

De acordo com o deputado, esses são apenas alguns dos setores que mais contabilizam prejuízos, em decorrência das medidas de distanciamento social e das restrições para o funcionamento de suas atividades econômicas. Segundo ele, depois de mais de um ano de restrições, é chagado a hora do governo fazer um gesto de apoio para as atividades econômicas mais prejudicadas, em decorrência das medidas sanitárias adotadas para conter a o avanço do novo coronavírus. “Os reflexos da redução substancial dessas atividades econômicas têm sido custeados integralmente pelos empreendedores que já precisam ser apoiados nesse momento crítico”, alertou.

Ao defender a isenção do IPVA para motos de até 160 cilindradas, Cirone Deiró, explicou que para a grande maioria dos trabalhadores rondonienses as motos são o único meio de transporte. Segundo o deputado, esses trabalhadores estão entre aqueles que foram atingidos diretamente pela pandemia. “Muitos foram os trabalhadores que me abordaram para pedir ao governador Marcos Rocha para zerar a cobrança do IPVA, em 2021. Estou sendo o porta voz dessa reivindicação e vou defende-la por entender que os trabalhadores merecem esse apoio do governo”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui