Numa estratégia articulada e planejada para fazer cumprir as normas do Decreto-25.981, 16 de Abril de 2021, o Governo de Rondônia por meio Departamento Estadual de Trânsito (Detran) realizou de 19 de março a 18 de abril um total de 85 ações em sete municípios polos do Estado que resultaram na abordagem de 10.319 veículos da Capital e interior, com orientações e práticas educativas, além de medidas pontuais de combate as aglomerações visando evitar a disseminação da covid-19.

De acordo com o diretor-geral do Detran, Neil Aldrin Faria Gonzaga, essas ações são parte das várias iniciativas de trabalho do órgão inseridas na campanha “Detran pela Vida”, que é uma orientação do governador Marcos Rocha, como meta de sua gestão no universo do projeto de humanização do trânsito, disseminado por todo Estado, e de modo especial nos municípios de Porto Velho, Guajará-Mirim, Ariquemes, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena nesta campanha.

“Toda ação tem caráter orientativo, mas que eventualmente é preciso a adoção de medidas mais pontuais para evitar as aglomerações registradas nas ocorrências pelos bairros em praticamente todas as cidades onde essas ações estão sendo realizadas. O que estamos passando para as pessoas é que a flexibilização das medidas não implica necessariamente no fim da pandemia”, disse o coronel Gonzaga destacando a necessidade do compromisso de cada um em zelar pela saúde de todos.

Nesta ação, a autarquia conta com a parceria da Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), que atuam diretamente nas abordagens pelas vias públicas ou atendendo a denúncias sobre a realização de festas com aglomerações que contrariam as normas do decreto. Nesses casos a denúncia é checada, e se confirmada, os estabelecimentos (bares e casas de show) são responsabilizados legalmente.

Na esteira desta ação que orientou o cidadão quanto a necessidade de continuar adotando as medidas de proteção, como usar máscaras, higienizar as mãos e manter o distanciamento, os agentes de trânsito aproveitaram para explicar aos usuários as alterações na legislação de trânsito, com modificações substanciais introduzidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em vigor desde o último dia 12, que prevê entre outras a proibição do transporte em motocicletas de crianças menores de 10 anos ou sem condições de cuidar da própria segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui