Procon Rondônia disponibiliza novos canais de comunicação para atendimento remoto

Durante a vigência do decreto nº 25.728, que estabelece hábitos de distanciamento social restritivo, o Programa de Defesa do Consumidor em Rondônia (Procon-RO) informa que está trabalhando de forma remota, exclusivamente até o final do decreto, para atender as demandas de denúncias da população.

O canal online “www.procon.ro.gov.br” iniciou em 2020, para que a sociedade rondoniense pudesse registrar reclamações e denúncias, sem a necessidade de se deslocar até às sedes físicas do órgão, evitando aglomerações. “Estamos divulgando os canais de atendimento para que a população possa fazer sua reclamação ou denúncia, mantendo o atendimento ao público de forma remota, todos os serviços estão disponíveis”, explica o coordenador estadual do Procon-RO, Ihgor Rego.

Procon passou a atender pessoas mais isoladas, em municípios que não possuem posto de atendimento, através dos canais de comunicação

A plataforma é um instrumento facilitador para o consumidor, garantindo o registro de sua reclamação ou denúncia de qualquer lugar do Estado. Para fazer a abertura do processo, o consumidor precisa fazer o preenchimento dos campos e relato dos fatos.

“As reclamações dizem respeito a um problema numa relação de consumo, como a compra de um produto que mais tarde apresenta um problema ou cobranças indevidas, a denúncia consiste no relato de alguma abusividade ou ilícito verificado pelo consumidor, do qual pede por ações de fiscalização, como a constatação de venda de produto vencido e aumento abusivo dos preços. Basta clicar no link e seguir o passo a passo”, garante o coordenador.

De acordo com Ihgor Rego, o atendimento presencial retornará com a abertura dos prédios públicos, no final desse último decreto de calamidade pública, que, se não for prorrogado, encerra terça-feira (26).

“Têm muitas pessoas que não são acostumadas às novas tecnologias e o atendimento presencial seria a única forma de acolher a demanda do consumidor, mas estamos nos esforçando para alcançar todos, inclusive, disponibilizando canais de atendimento telefônico e WhatsApp”, ressalta o coordenador, acrescentando que muitas pessoas estão aderindo ao meio, possibilitando o alcance das pessoas mais isoladas, em municípios que não possuem posto de atendimento do Procon.

As audiências continuam acontecendo de forma remota, por meio de videochamadas, e devido ao saldo positivo dos  atendimentos online quanto a denúncias da população, as plataformas continuarão disponíveis, mesmo após a abertura dos prédios.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA