Atividade aconteceu em celebração aos 42 anos da Instituição. Corrida celebra aniversário de 42 anos do MPRO

Porto Velho, RO - A 4ª Corrida do Ministério Público de Rondônia (MPRO) reuniu cerca de 600 atletas amadores e profissionais no último domingo (28/1) em Porto Velho. Além de fomentar a prática esportiva, a ação arrecadou centenas de kits de materiais escolares que serão doados para crianças do Baixo Madeira e da zona rural da região da Ponta do Abunã rondoniense. A atividade marcou o aniversário de 42 anos da Instituição, celebrado em 25 de janeiro.

Mesmo com largada programada para 6h30, corredores começaram a concentração ainda na madrugada. Um deles era Mateus Silva, de 23 anos. O morador de Cruzeiro do Sul (AC) encarou uma viagem de ônibus de dois dias para participar da prova de 10 km.

“Com certeza essa ação é um incentivo ao esporte. O esporte transformou a minha vida e sei que a prática pode mudar a vida de muitas pessoas, principalmente pelos benefícios à saúde. Eu sou muito feliz correndo. As premiações também têm ajudado a complementar minha renda”, comentou Mateus Silva, que horas depois subiu ao pódio, levantando o troféu de primeiro lugar na categoria em que competia.


As vantagens à saúde são os pontos principais apontados pelo casal Flavio Marques e Maria de Sousa. Ele, inscrito na categoria 60 +, redescobriu a paixão pela corrida há um ano, após um quadro de infarto. Depois de calçar o tênis e partir para a pista, conseguiu sair do vermelho no triglicerídeo. “A idade não é um problema, eu estou com 63 anos e, para mim, correr faz muito bem, tanto para as articulações, como para a respiração. Digo aos jovens e idosos que estão sentados em casa que venham correr”.


Paratletas não ficaram de fora. Jean Fernandes, que tem sequelas neurológicas decorrentes de um acidente de trânsito, fez a prova em triciclo. “Eu preciso me mexer para meu corpo conseguir se desenvolver. O esporte é muito importante pra mim”, disse, acompanhado do marido, José Fernando Menezes, que completou: “hoje é dia de se movimentar!”.


Já a auxiliar administrativa Andrea Montoia reforçou o caráter social e integrativo da atividade, que celebrou os 42 anos do MPRO. “É importante que a comunidade conheça o Ministério Público e esse tipo de evento aproxima o MP das pessoas, mostrando que todo mundo pode ter acesso à Instituição. Outra questão importante é a arrecadação dos materiais escolares. A gente sabe que para muitas crianças, infelizmente, a realidade é complicada e esse trabalho do Ministério Público em juntar o esporte com ação social fez com que todos se mobilizassem e voltassem os olhos para isso. O esporte é isso: ação e comunidade”, observou.

Os vencedores — Ao entregar os troféus aos campeões das modalidades, o Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira, parabenizou os membros, servidores, estagiários do MPRO e a comunidade em geral pelo engajamento no projeto, pontuando o envolvimento da comunidade em ajudar na educação de crianças em situação de vulnerabilidade.

“Os prêmios também são a qualidade de vida, se divertir no percurso, encontrar amigos, conhecer pessoas e ainda ter a satisfação de ajudar o próximo”, lembrou o Procurador-Geral de Justiça.


A corrida teve percursos de 5km e 10km e contou com três categorias, todas com divisões para o público feminino e masculino. Sendo elas: categoria para o público geral, categoria de membros/servidores do MPRO e a destinada para pessoas com mais de 60 anos.

O evento premiou, em dinheiro, os participantes vencedores do trajeto de 10km nas três categorias. Conforme pré-estabelecido no regulamento, a corrida e a caminhada de 5km não possuíam caráter competitivo, portanto o participante fez jus a medalha de participação, não havendo premiação em dinheiro ou troféu.

Veja a relação de vencedores:

10km – Categoria Geral – Feminino
1º Maria Rosangela
2º Odevania Silva
3º Sara Lima
4º Solange Pacheco
5º Regininha Rabelo