Kiev anuncia reconquista de 8 localidades: contraofensiva ganha força

Editors Choice

3/recent/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list
Portal Rondônia de Notícia - Noticias de Rondônia

Kiev anuncia reconquista de 8 localidades: contraofensiva ganha força


Em vídeo, soldados ucranianos seguram bandeiras do país

Porto Velho, RO - As forças ucranianas dizem ter reconquistado oito localidades nas duas últimas semanas de contraofensiva, num total de 113 quilômetros quadrados (km²). A informação foi dada pela vice-ministra da Defesa nesta segunda-feira, no momento em que continuam os efeitos da destruição da barragem de Kakhovka.

“No decorrer de duas semanas de operações ofensivas na direção de Berdiansk e Melitopol, oito localidades foram libertadas”, escreveu Hanna Maliar no Telegram.

As declarações são dadas depois de Kiev ter anunciado que reconquistou a vila de Pyatykhatky, em Zaporizhia, na frente sul do conflito. Vários soldados ucranianos continuam entrincheirados no local, enquanto são alvos de ataques russos.

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira nas redes sociais, soldados ucranianos seguram bandeiras do país enquanto afirmam ter reconquistado Pyatykhatky. “As forças da Brigada 128 afastaram os russos da vila de Pyatykhatky. Os russos fugiram, deixando para trás equipamentos e munições. Glória à Ucrânia”, diz um deles.

Na noite desse domingo (18), o presidente Volodymyr Zelensky elogiou as forças ucranianas por repelir com eficácia os ataques inimigos perto de Avdiivka. “O setor de Avdiivka tem sido muito eficaz ao repelir ataques” disse o presidente.

Segundo o chefe da administração militar da cidade mineira de Avdiivka, as tropas ucranianas avançaram cerca de um quilômetro nas últimas semanas.

Em seu discurso na noite passada, Zelensky disse que a frente de batalha em Tavria era “a mais brutal” e expressou gratidão para com os soldados que lutam nesse e em outros locais do país.

“Ajuda não pode ser negada”

Moscou informou hoje que repeliu uma tentativa ucraniana de recapturar a vila de Novodonetske, na região de Donetsk. A localidade tem sido um dos principais focos da contraofensiva de Kiev.

O Ministério russo da Defesa garantiu, em comunicado, que fuzileiros da Frota do Pacífico da Rússia repeliram o ataque noturno e destruíram veículos blindados ucranianos. Em vídeo divulgado pelo ministério, um soldado russo cita a captura de um tanque de fabricação francesa.

Um dia antes, Moscou afirmou que suas forças travaram uma série de ataques ucranianos em três secções da linha da frente da batalha, com Kiev a exercer maior pressão na região de Zaporizhia.

Entretanto, continuam a ser sentidos os efeitos da destruição da barragem ucraniana de Kakhovka pelas forças russas. Noessedomingo, as Nações Unidas disseram que a Rússia tem até agora rejeitado os seus pedidos para de acesso às áreas que estão temporariamente sob controle militar.

“A ONU vai continuar a tentar obter o acesso necessário. Apelamos às autoridades russas que atuem de acordo com a lei humanitária internacional”, disse a instituição, acrescentando que “a ajuda não pode ser negada a quem precisa dela”.

Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários