Defesa Civil ajuda na logística do transporte do hipoclorito

Porto Velho, RO - O presidente da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd), Cleverson Brancalhão da Silva, confirmou para a próxima semana a ida de uma equipe de técnicos especializados para iniciar o processo de testagem da água servida às famílias do distrito de São Carlos em Porto Velho. A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) constatou problemas no poço artesiano e comunicou o fato ao superintendente municipal de Integração e Desenvolvimento Distrital (SMD), Cleberson Pacheco. “A Caerd prontamente nos atendeu e comprometeu-se a nos ajudar a solucionar o caso”, explicou o titular da pasta municipal.

Nesta semana, a SMD reuniu representantes da Agevisa, o presidente da Caerd, o administrador de São Carlos, Ednardo Medeiros, e os técnicos da própria superintendência para tratar do assunto e agilizar a solução do problema. São mais de 400 famílias que dependem dessa fonte de água para o consumo diário. Nesta sexta-feira, a SMD enviou hipoclorito ao posto de Saúde São Carlos com apoio da Defesa Civil.
Segundo o presidente da Caerd, as suas equipes estão realizando um trabalho em Mutum-Paraná e depois vão a Nova Mamoré e Guajará-Mirim. A próxima agenda será em São Carlos. “Estamos preocupados em solucionar esse problema para a comunidade”, explicou o dirigente.

Energia e sinalização

Em São Carlos, a Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), atendendo solicitação da Superintendência Municipal de Integração e Desenvolvimento Distrital (SMD), está realizando a troca de pontos de luz e a manutenção da rede de energia, melhorando a iluminação pública. O administrador Ednardo Medeiros agradece o apoio do superintendente Cleberson Pacheco, e das equipes da Emdur. Ainda hoje, ele aguarda também uma equipe da Semtran para realizar os estudos para sinalizar as ruas do distrito.

Fonte: Assessoria