Reprodução Instagram / Sérgio Hondjakoff luta contra a dependência química

Porto Velho, RO - O ator Sérgio Hondjakoff, famoso pelo personagem Cabeção em Malhação (1995-2022), apareceu nas redes sociais nessa segunda-feira (6/6) bastante alterado, possivelmente tendo uma crise de abstinência. O ator, que já confessou o vício em álcool e drogas, chegou a ameaçar de morte o pai, Francisco José de Mendonça, com um bastão.

“Fala, galera, beleza? Eu tô aqui pancadão e tá todo mundo aqui querendo me foder. Estou pedindo mil reais para o meu pai pra ir pra São Paulo e ele não quer me dar. Eles querem que eu seja internado contra a minha vontade porque eu dei uns ‘tequinhos’ e eu fico muito louco”, disse o artista, admitindo ter usado drogas.

Na sequência, Sérgio mostra o bastão em mãos e faz ameaças ao pai. “Pai, se você não me der mil reais eu vou ser obrigado a te matar, né? Você prefere que você me dê mil reais ou que eu te mate? Você é obrigado a me dar mil reais”, declarou ele, recebendo a negativa de Francisco. As imagens já foram apagadas das redes do ator.

Recentemente, Sergio Hondjakoff abriu o jogo sobre a sua luta contra o alcoolismo. Em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV, o ator falou sobre as consequências do vício e relembrou o período que ficou internado em uma clínica de reabilitação, no ano passado.

Hondjakoff ficou em evidência em agosto do ano passado, quando o Ministério Público de São Paulo (MPSP) e a Polícia Civil de São Paulo fechar a clínica de tratamento para dependentes químicos no qual ele estava internado.

Inicialmente, o ator negou que estava no local. Logo em seguida, no entanto, ele admitiu ter mentido pois estava envergonhado com a internação e o vício em álcool.

“Realmente, eu fiquei um pouco envergonhado com tudo o que estava acontecendo, aquela exposição toda. Não soube o que fazer, queria preservar o meu filho. Buscava um momento de paz comigo mesmo, para dar tempo ao tempo, as coisas se clarearem naturalmente. Se ficasse na casa do meu pai, ia ter vontade de beber de novo”, disse ele.

O ex-Malhação também disse como está no atual momento em relação ao vício, e até contou que bebeu uma dose de whisky no Natal, mas prefere evitar o consumo. “É melhor evitar. Se puder evitar, é melhor, porque a gente sabe que, quando começa, o fim pode ser desastroso”, admitiu.

Fonte: Metrópoles