Foto: Divulgação

Porto Velho, RO - A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta terça-feira, 21, um homem, de 36 anos, que encomendou via grupo de WhatsApp, notas contrafeitas (falsificadas) que iria circular na cidade de Nova Mamoré, local onde se deu a prisão.

A ação decorreu de informações que indicavam a suspeita de envio de moedas falsas pelos Correios que teria como destino final a cidade de Nova Mamoré.

Com isso, policiais federais, realizaram deslocamento e surpreenderam o suspeito no momento em que recebia a encomenda que continha as referidas notas. Em seguida, realizaram a abertura do envelope, onde constatou-se a existência de 10 cédulas idênticas à nota de R$ 100,00.

Os procedimentos foram lavrados na Delegacia da Polícia Federal de Guajará Mirim, e o homem encaminhado ao presídio de Nova Mamoré, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A PF realiza rotineiramente fiscalização das encomendas postadas, via Correios, em todo Brasil, no intuito de coibir a prática de crimes, dentre eles a falsificação de moedas e documentos federais, como foi o caso noticiado.

Fonte: Assessoria