Foto: Divulgação

Porto Velho, RO - Após receber o vídeo mostrando uma onça pintada pegando uma sucuri dentro da água, o Folha do Sul online entrou em contato com a página dedicada à divulgação das belezas naturais de Mato Grosso no Facebook e recebeu a informação de que o episódio aconteceu no último sábado, 28, no rio Piquiri, região pantaneira de Porto Jofre (MT).

Pesquisando outros detalhes do fato, o site também encontrou uma reportagem no Portal UOL, na qual é explicado que o felino está ensinando o filhote a caçar. Segundo o veículo, “um pecuarista flagrou o momento em que uma mãe onça mata uma sucuri para ensinar ao filhote como caçar. Cleyson Athaide registrou o ocorrido no sábado (28) enquanto pescava com o pai no rio Piquiri, no Pantanal mato-grossense”.

No vídeo, uma mãe onça desce de um barranco e, ao voltar, sai com uma sucuri pendurada na boca, subindo novamente onde o filhote está.

Athaide disse ao UOL que foi pescar para relaxar, quando se deparou com “essa lindeza”, segundo ele. “Nos deparamos com esse fenômeno da natureza e ela estava ensinando o filhote a caçar. Quando chegamos, ela estava tentando trazer o filhote pra dentro da água, só que ele não veio”.

De primeira, o pecuarista quase não registrou o momento, pois não estava com o celular em mãos, porém deu tempo de gravar o desfecho.

“Ela desce na água, pega a sucuri e sobe. Aí o filhote foi tentar pegar o bicho e a mãe não deixou, pois ela quer que ele desça na água”, afirmou Athaíde.

O pecuarista contou que nunca tinha visto um momento como o que presenciou. “É algo único na vida. Importante compartilhar para as pessoas saberem a relevância do Pantanal, uma riqueza imensa”.

RELAÇÃO ENTRE ONÇA E FILHOTE

Por nascer de olhos fechados, o filhote depende totalmente da mãe nos primeiros 14 dias.

A mãe onça cuida do filhote até que ele complete dois anos, quando aprende a viver sozinho. Com 6 meses, os filhotes já costumam começar a caçar por si próprios, após as “aulas” da mãe.

ASSISTA O VÍDEO:

Fonte: Folha do Sul Online