Cottonbro/Pexels

Porto Velho, RO - O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta segunda-feira (20/6), durante cerimônia no Palácio do Planalto, uma parceria com a empresa Google para facilitar o acesso a ferramentas gratuitas para apoio acadêmico, por profissionais da educação e estudantes.

Segundo o governo federal, o acordo vai “contribuir para a melhoria significativa da qualidade do ensino e favorecer a aprendizagem dos alunos matriculados nas escolas”.

O acordo com a Google foi firmado por meio da plataforma MECPlace, do governo federal, onde serão consolidadas iniciativas voltadas para o apoio das redes educacionais. A plataforma será disponibilizada de forma gratuita às escolas do país.

A parceira entre o governo e a empresa conta com quatro iniciativas.
São elas:Google Workspace for Education Fundamentals: pacote gratuito de ferramentas que oferece uma base flexível e segura para aprendizagem, colaboração e comunicação. A adesão pelas redes educacionais se dará mediante assinatura de termo de adesão simplificado, de forma voluntária e não onerosa para a rede, seja municipal, estadual ou federal;
Seja Incrível na Internet: programa de cidadania digital com trilhas de capacitação para educadores, planos de aulas e atividades;
Grasshopper: aplicativo de programação para iniciantes, com ensino de pensamento computacional; e
Google Cloud Capacita+: programa com treinamentos gratuitos, online, para formação de profissionais em tecnologias de nuvem.

É a segunda parceira voltada à educação que o governo faz com uma empresa. Em abril, o MEC firmou um acordo com a Microsoft para disponibilização gratuita da solução Office 365 Educacional A1 (versão nuvem).

Também estão em andamento parcerias com Adobe, Huawei, Oracle, AWS, além de edital de chamamento público para permitir ampla participação de outras empresas na plataforma MECPlace.

Fonte: Metrópoles