Luizinho em visita à redação do site em Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

Porto Velho, RO - O deputado estadual Luizinho Goebel (PSC) é possivelmente o parlamentar rondoniense com mais quilometragem de viagens pelo Estado entre seus pares.

Tendo duas bases regionais expressivas para cobrir, o Cone Sul e a Zona da Mata, ele está sempre no trecho e afirma contar com “pique, saúde e a compreensão de sua família para poder ser tão onipresente”, como explicou o deputado em visita à redação do Extra de Rondônia nessa terça-feira, 7.

O resultado de todo esse esforço se traduz em popularidade e prestígio. E hoje, como pré-candidato a buscar a permanência no cargo, Goebel é tido como um dos nomes melhor posicionados na preferência popular nesta fase de pré-campanha.

Trabalhando com foco em ações de parceria com o governo Marcos Rocha, de quem é líder no Parlamento, o deputado acumula uma série de resultados positivos em termos de investimentos por todo o Estado, mas o ponto forte de suas ações está em suas bases.

FOCO EM SETORES PRIORITÁRIOS

Focando mais os setores de infraestrutura e produtivo, por entender que tais segmentos geram renda, empregos e desenvolvimento, afetando positivamente todos os demais setores, Luizinho enumera várias ações desenvolvidas neste mandato, o qual foi exercido de maneira diferente dado o advento da pandemia.

“Foi um trabalho de paciências, construindo as ações, o que acabou demorando um pouco para que os resultados aparecessem, porém quando vieram estão chegando de forma mais forte e abundante”, avalia.

Goebel destaca os mais de R$ 30 milhões que o governo investiu em pontes de concreto em praticamente todas as cidades do Cone Sul, mais os R$ 220 milhões na pavimentação do primeiro trecho da Rodovia do Progresso, também conhecida como “Estrada do Boi”, que interliga várias cidades do Cone Sul, Zona da Mata e centro do Estado, ofertando uma alternativa de transporte a BR-364, além da recuperação de todas as rodovias estaduais do Cone Sul, com cascalhamento, tapa-buracos e troca de pontes de madeira por tubulações.

CIDADES DO CONE SUL

Para as cidades do Cone Sul, o destaque fica para o trabalho de suporte dado ao governo a fim de instalar em Vilhena a usina de asfalto, que já está atendendo todos os municípios fazendo recuperação de estradas rurais, rodovias estaduais e no perímetro urbano, e que num segundo momento irá começar a fazer asfalto novo.

E, falando especificamente de Vilhena, o destaque é o fortalecimento do parque de máquinas do Município, que receberá um aporte de vulto que só em caminhões caçamba irá triplicar a frota. “Serão 15 caçambas entregues pelo governo e mais seis compradas com recursos próprios, o que fará que a frota salte de oito para 29 caminhões deste tipo”, comemora o parlamentar.

Luizinho destaca que várias dessas ações são de iniciativa do governo estadual, mas que seu trabalho de parceria com a administração acabou tendo influência na liberação das verbas.

Mostrando seu lado de defensor do governo, Luizinho explica que o programa “Tchau Poeira” não está se concretizando da forma que era esperado, não por falta de dinheiro ou vontade. “O que está faltando é máquinas nas fábricas para serem entregues tanto ao governo quanto a empreiteiras, porém os recursos estão assegurados e as ações irão acontecer em médio prazo”, observa.

Na agricultura, os destaques das ações foram para a mecanização e suporte para recuperação de terras degradas, através do encaminhamento de calcário e de máquinas aos produtores, por meio das associações, e o apoio à agricultura familiar. “Este é um segmento pelo qual tenho paixão e luto para defender, sendo uma das minhas principais bases de apoio”, revelou.

PARTIDO QUE DEFENDE DE VALORES CRISTÃOS

Luizinho fala que a expectativa do PSC, legenda a qual se filiou há poucos meses com a missão de reestruturar o partido no Estado, é a melhor possível, “pois se trata de um partido de direita, voltado a defesa de valores cristãos e da família, bem de acordo com o que o momento da sociedade brasileira acredita”.

Ele está convicto que o partido compôs nominatas expressivas para concorrer a deputado federal e estadual, e que tem certeza que conseguirão eleger um postulante à Bancada Federal e dois a ALE. “Porém, conforme a conjuntura se apresentar, temos possibilidade de fazer dois federais e três estaduais”, acrescenta.

Já a sucessão estadual Luizinho afirma que o consenso é acompanhar o governador em seu projeto de reeleição.

O deputado fechou a conversa falando de sua pretensão de buscar mais um mandato no Legislativo Estadual, “para prosseguir na luta pelo desenvolvimento de nosso Estado e progresso para nossa gente”.

Fonte: Extra de Rondonia