Prédio da UNESC em Vilhena / Foto: Divulgação

Porto Velho, RO - Na tarde desta terça-feira, 07, a redação do Extra de Rondônia recebeu denúncias de acadêmicos do curso de Medicina da Faculdade UNINASSAU (UNESC) de Vilhena.

Através de nota compartilhada nas redes sociais, o grupo demonstra indignação pelo que chamaram de “descaso” da unidade educacional com as reivindicações dos acadêmicos.

Acadêmicos ouvidos pelo site informaram que não é a primeira vez que as manifestações contrárias às práticas da instituição de ensino são feitas e que já foram protocolados “inúmeros documentos”, porém, sem resposta da IES até o momento.

Na nota, os acadêmicos alegam falta de pagamento ou pagamento pendente do salário dos professores, falta de docentes capacitados e aptos, descaso com as demandas solicitadas referentes à estrutura básica do curso (projetores, caneta de quadro, salas que caibam os alunos sem prejuízo de entendimento, papel higiênico, higiene das salas e banheiros), falta de incentivo a projetos científicos, falha continua na comunicação com entre contratantes e a matriz.

Nota de Repúdio compartilhada nas redes sociais / Foto: Divulgação

FACULDADE ESCLARECE

O Extra de Rondônia entrou em contato com a instituição, que se manifestou a respeito dos fatos através da nota abaixo:

“A UNINASSAU/UNESC Vilhena esclarece que não há atrasos de pagamentos ou falta de professores na Instituição. Durante a transição para o sistema do Ser Educacional, alguns professores tinham contratação como Pessoa Jurídica, o que não é autorizado pelo Grupo. Esses professores passaram para contratação como CLT e encontram-se regularizados no sistema.

Sobre a estrutura de sala de aula, a Instituição passa por processo de modernização de equipamentos, com instalação de multimídias em todas as salas, e com todo aparato necessário aos professores, como canetas de quadro e apagadores, disponíveis nas coordenações de cursos. Assim como não há falta de materiais de higiene na Instituição.

O Ser Educacional mantém instituições de ensino por todo o país, com alto padrão de estrutura, corpo docente e projetos acadêmicos. Desde a incorporação da UNESC Vilhena ao Grupo, a Instituição tem passado por avaliações e recebendo investimentos para implementação de novos projetos, acadêmicos e estruturais. Temos compromisso em manter instituições que são referências e não será diferente com a UNINASSAU/UNESC Vilhena”.

Fonte: Extra de Rondonia