Máquinas serão destinadas para ações da Semosp / Foto: Divulgação

Porto Velho, RO - O projeto de autoria da Prefeitura de Vilhena, que prevê a compra de cinco caminhões basculantes, dois rolos compactadores corrugados, duas mini carregadeiras, uma caminhonete e uma roçadeira articulada, foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira pelos vereadores.

Avaliado em quase R$ 7 milhões, o conjunto de máquinas é destinado à Secretaria Municipal de Obras (Semosp). O objetivo é aumentar a capacidade de atendimento da Prefeitura, que é responsável por 240 km de ruas e avenidas sem asfalto na área urbana e mais 2,5 mil km de estradas na área rural.

“Agradeço aos vereadores que aprovaram por unanimidade esse projeto tão importante. Destacamos sempre que a harmonia entre os poderes, tanto na esfera federal, estadual ou municipal, garante que o desenvolvimento do país seja mais rápido e avance sem solavancos. Aqui em Vilhena os projetos da Prefeitura sempre contam com apoio da Câmara e isso me motiva a continuar trabalhando para o benefício de todos, principalmente para aqueles que mais precisam”, garante o prefeito Eduardo Japonês.

Em suas redes sociais, o vereador Wilson Tabalipa comemorou a aprovação, em publicação nesta quinta-feira, 19. “Secretaria de obras equipada! Aprovamos recurso para reforçar os trabalhos da Semosp. Legislativo e Executivo trabalhando em conjunto para atender melhor os anseios da população. A Câmara de Vereadores tem compromisso com Vilhena!”, destacou.

Pedrinho Sanches também comentou a urgência da execução de obras e trabalhos pela Semosp recentemente em fala durante sessão na Câmara. “Este ano tem que ser o ano da cidade de Vilhena, após a pandemia, depois de tanta dificuldade, temos muitos recursos. É um ano atípico, de eleições estaduais e federais, de Copa do Mundo, mas é um ano que tem que acelerar. Porque depois chega um período que não pode mais fazer algumas coisas”, disse o vereador.

O vice-presidente da Câmara, Samir Ali, fez uso da fala em sessões recentes para destacar a relevância do projeto e as necessidades dos moradores. “A gente sabe da necessidade dessas máquinas, sabemos que nesse período chuvoso tem muitos transtornos nos bairros que não têm manutenção. Estamos sempre cobrando para resolver as ruas, o que não é fácil“, completou.

Por sua vez, o vereador Zé Duda também comentou o projeto. “Há necessidade de comprarmos o mais rápido possível as máquinas para nosso município. Quem mora nos bairros periféricos sabe. Precisamos ter três vezes mais maquinário do que temos hoje. Temos milhares de quilômetros de estradas rurais no município e ando em mais de 40 bairros sem asfalto. Sei da importância”, disse o parlamentar.

Fonte: Assessoria