Imagem ilustrativa

Porto Velho, RO - Dois servidores públicos da Prefeitura de Cacoal foram afastados das funções por suspeita de desvio de combustíveis. Um procedimento administrativo foi instaurado para apurar a situação. A denúncia foi apresentada pelo prefeito de Cacoal, Adailton Fúria, na Delegacia de Polícia Civil, que investiga o caso.

Conforme o delegado regional, Alexandre Baccarini, o prefeito esteve na delegacia na manhã desta quinta-feira (5), apresentou a denúncia e protocolou uma cópia de um procedimento administrativo para apurar um possível desvio de combustível da frota pertencente à prefeitura de Cacoal.

A suspeita é que o suposto desvio de combustíveis era praticado há algum tempo pelos envolvidos.

“A gente não teve tempo de analisar de forma mais detalhada esse procedimento e os documentos que o acompanha, mas ao que tudo indica e os informes que temos extraoficiais do prefeito é que o secretário municipal de Educação teria percebido que haviam ônibus ou outros veículos da frota da secretaria que estavam parados no pátio há alguns anos, desde gestões anteriores, e vinham sendo utilizados cartões de abastecimento para esses veículos”, explicou Baccarini.

Ainda, conforme o delegado, o prefeito informou que todos os envolvidos foram afastados preventivamente e tiveram os salários suspensos. Também houve a exoneração de servidores não efetivos suspeitos de envolvimento no suposto esquema de desvio.

Um inquérito policial para investigar a denúncia será instaurado pela Polícia Civil.


Por Por Segundo News
Fonte: Extra de Rondonia