Município busca recuperar alunos com aprendizagem comprometida durante a pandemia

Porto Velho, RO - Com o objetivo de apresentar temáticas e conceitos prioritários para o retorno das aulas presenciais em Porto Velho, a Prefeitura promoveu o “Encontro Formativo Recomposição da Aprendizagem” para professores dos 4º e 5º anos. O evento ocorreu no Centro de Formação, no Teatro Banzeiros.

​A formação aborda as temáticas de recomposição da aprendizagem, a priorização curricular e o planejamento. O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Departamento de Políticas Educacionais (DPE).

“O momento formativo foi planejado para apresentar temáticas e conceitos prioritários no retorno das aulas presenciais no momento pós-pandemia. É uma etapa importante, pois estamos buscando a otimização do ensino aos alunos para poder equilibrar as perdas ocorridas durante o período das aulas remotas”, explicou a secretária municipal de educação, Gláucia Negreiros.

Segundo os educadores, o retorno das aulas presenciais permite diagnosticar o nível de aprendizado dos alunos. Para isso, a Semed optou por formar uma equipe de trabalho a fim de coordenar uma recuperação urgente através do ensino presencial. As ações de formação continuada de professores estão planejadas para o decorrer dos anos letivos a partir de 2022.

O encontro usará como estratégia o desenvolvimento de uma trilha de saberes, iniciando pela análise dos dados do programa “Avalia Porto Velho”, levando os professores a refletirem sobre os resultados obtidos, identificando a necessidade do currículo priorizado, bem como a grande importância de se recompor as aprendizagens não consolidadas.

“Essa formação é mais uma etapa do nosso planejamento. Nós já tivemos a formação dos professores dos 1º, 2º e 3º anos. Estamos em busca do equilíbrio educacional entre os alunos para que todos que não tiveram a oportunidade de estudar durante a pandemia recuperem o processo de aprendizagem com os professores preparados para ofertar um ensino de fácil compreensão, intuitivo e de qualidade”, concluiu a diretora do DPE, Juliene Rezende.

Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)