A polícia descobriu uma grande estrutura montada no meio da floresta para extrair a madeira de forma ilegal

Porto Velho, RO - No fim de semana a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação para combater a exploração de madeira e garimpo na Terra Indígena Zoró, que fica localizada ao lado da Reserva Roosevelt no município de Espigão do Oeste.

Na investigação, a polícia descobriu uma grande estrutura montada no meio da floresta para extrair a madeira de forma ilegal, incluindo uma pista de pouso para avião.

Também foi descoberto o funcionamento de uma madeireira ilegal perto da Terra Indígena Zoró.

De acordo com a PF o dono de uma madeireira foi preso e a equipe fiscalizou outras que ficam dentro da reserva. A operação contou com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Nesta quarta-feira (25), a PF afirmou já fiscalizou dez madeireiras no município e o trabalho dos policiais vai continuar na região.

Na reserva Zoró foi descoberto um início de desmatamento da floresta que de acordo com a PF, seriam retiradas de árvores de forma seletiva (quando apenas árvores de alto valor são retiradas).

Fonte: Diário da Amazônia