𝘋𝘰 𝘉𝘭𝘰𝘨 𝘥𝘢 𝘑𝘰𝘳𝘯𝘢𝘭𝘪𝘴𝘵𝘢 𝘝𝘪𝘤𝘵𝘰𝘳𝘪𝘢 𝘉𝘢𝘤𝘰𝘯.

Porto Velho, RO - Uma nova polêmica envolve a cantora gospel rondoniense Jotta A, que assumiu recentemente ser transexual. A rondoniense de Guajará-Mirim, em Rondônia, atualmente tem 24 anos, assumiu recentemente ser transexual, após ser destaque nacional no programa do Raul Gil como cantor gospel ainda criança. Ela concedeu entrevista para a Folha de São Paulo.

A artista rondoniense alçada quando criança à fama por Raul Gil conta que viu pastores com amantes e que teve relação homossexual com colegas de fé.

Jotta A diz estar vivendo no paraíso. E não só pelo trocadilho bíblico com “Éden”, seu primeiro single em uma nova era na música pop. Mas é que desde que começou a sua transição de gênero, o ex-cantor gospel e agora cantora, está feliz em poder viver como realmente é.

A ex-cantora gospel, Jotta A revela que já fez sexo a três e não descarta colocar silicone nos seios
Estou me sentindo muito leve, tirei um peso das costas. Tão bom poder viver a nossa realidade e eu poder lançar uma música que fala da minha nova fase na carreira e na vida. A minha transição é o primeiro capítulo de muitas outras histórias que quero contar — diz a artista, de 24 anos.

Rondoniense, natural de Guajará-Mirim, Jotta A fez sucesso cedo como cantor gospel ao vencer um programa de calouros de Raul Gil, quando tinha 12 anos. Anos mais tarde, chegou a ser indicada ao Grammy Latino na categoria de música religiosa. Passar pela transição agora a fez abrir mão de uma estabilidade. Mas nada se compara com a paz que carrega.

Fazia em média 10 a 15 shows por mês. Tinha uma estabilidade grande. Desde que saí do concurso do Raul Gil, a minha vida, e da minha família, mudou muito. Eu estava vivendo as etapas de uma carreira bem sucedida. Foi preciso abrir mão de algumas coisas ao fazer a transição, mas foi para conquistar algo muito mais valioso.

O processo de se tornar mulher começou, na prática, há dois anos. Primeiro, com terapia, depois com o uso de hormônios. E o assunto se tornou público mês passado.

— Sei que minha história está gerando debates. E é só por meio de discussões que se consegue avançar. Gosto de ver pessoas que estão abrindo a mente.

Ao ser questionada se tem vontade de colocar silicone a cantora que está fazendo terapia hormonal respondeu que existe a possibilidade.

“Estou gostando de sentir eles começarem a crescer. Mas não descarto a possibilidade”, respondeu.

𝐉𝐎𝐑𝐍𝐀𝐋𝐈𝐒𝐓𝐀 𝐕𝐈𝐂𝐓𝐎𝐑𝐈𝐀 𝐁𝐀𝐂𝐎𝐍.
Porto Velho, Rondônia.