Aumento pode ser o maior da história

Porto Velho, RO - Os planos de saúde podem sofrer o maior da história, com índice que pode ficar entre 15% e 18%.

Depois do reajuste de até 10,89% no preço dos medicamentos, os consumidores devem se preparar para o aumento do plano de saúde, que deverá ser anunciado este mês. De acordo com especialistas e estudos que medem os custos do setor, a correção deste ano deve ficar entre 15% e 18,2%, superando o recorde de 13,57% de 2016. Se confirmado, será o maior reajuste já determinado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), desde que passou a regular o setor em 2000, informa O Globo.

O aumento começa a valer em maio e é aplicado no aniversário de contrato do cliente.

Fonte: Brasil247