O suspeito recebeu voz de prisão por homicídio culposo na direção de veículo automotor após confessar o crime

Porto Velho, RO - O suspeito de atropelar e matar o ciclista Israel Soardi, de 46 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Ariquemes (RO), após ter fugido do local do acidente sem prestar socorro à vítima. O suspeito recebeu voz de prisão por homicídio culposo na direção de veículo automotor após confessar o crime.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, foi montada uma ação integrada entre os efetivos de Porto Velho (RO) e Ariquemes, para localizar e prender o motorista de um veículo utilitário (FIAT/Fiorino), que atropelou um ciclista na Capital.

Com base em informações analisadas pelos plantonistas da Delegacia de Porto Velho, os policiais identificaram o veículo. Já no fim de noite, a mais de 200 km de distância do local do acidente, policiais da PRF em Ariquemes abordaram o automóvel, que chegava ao município.

Ainda de acordo com a PRF, o infrator confessou ter atropelado uma pessoa em Porto Velho e confirmou a fuga. Durante as apurações, foram observados danos no veículo, compatíveis com o tipo de acidente. O homem, de 37 anos, recebeu voz de prisão por homicídio culposo na direção de veículo automotor. Foi constatado que ele não possui habilitação para conduzir veículos e o teste de alcoolemia não indicou ingestão de álcool.

O suspeito foi levado à Delegacia de Polícia Civil, que seguirá investigando o caso.
Ciclista morre ao ser atropelado

Ciclista morre ao ser atropelado na BR-364 em Porto Velho – Foto: Divulgação

Um ciclista de 46 anos identificado como Israel Soardi morreu na noite desta sexta-feira (08) após ser atropelado por um carro na BR-364, próximo a Estrada da Areia Branca, na zona Sul de Porto Velho (RO). O motorista fugiu do local e não prestou socorro à vítima.

A vítima estava de bicicleta, pedalando com um amigo que ia ao lado. Os dois vinham sentido Jaci-Paraná à Porto Velho quando Israel foi atingido em cheio por um carro que vinha atrás em alta velocidade.

Devido ao impacto, o ciclista ficou caído e desacordado em estado grave, já o motorista do carro fugiu. Uma equipe do Samu foi acionada, no local Israel foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Israel era dono de um lava jato na região Central de Porto Velho.

Fonte: Diário da Amazônia