Foto: ilustrativa


Desde a segunda-feira, 4, está acontecendo em Vilhena, a campanha de vacinação contra a gripe Influenza e o sarampo, seguindo o calendário nacional do Ministério da Saúde, com ênfase aos grupos prioritários.

Na última semana, servidores do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), passaram por capacitação para o melhor atendimento à população.

Dos dias 4 de março a 2 de maio, idosos com idade a partir de 60 anos e profissionais da saúde serão vacinados. A partir do dia 3 de maio, é dada a continuidade aos demais grupos prioritários, que são: crianças de 6 meses a 5 anos, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, professores, comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade e sob medidas socioeducativas.

A vacinação estará aberta a toda população a partir do dia 4 de junho, estando disponível para aqueles que não fazem parte de nenhum grupo prioritário já mencionado.

Já a vacinação contra o sarampo, está dividida em duas etapas. A primeira começou na última segunda-feira, 4, e se estende até o dia 2 de maio, neste período, serão vacinados apenas os profissionais de saúde. A partir do dia 3 de maio até 3 de junho, serão vacinadas as crianças com idade de 6 meses a 4 anos.

“Pedimos para que a população adote estas campanhas de vacinação. Devido a pandemia, houve uma considerável queda na procura por vacinas para outras doenças. O sarampo, que até poucos anos era considerado erradicado no Brasil, voltou a ter casos registrados, muito pela falta da cobertura vacinal. Então, quando chegar a sua vez ou a do seu filho, procure a Unidade Básica de Saúde da sua região e mantenha a sua carteira de vacinação atualizada”, explica a enfermeira Jaquelline Stevanato.

Mais informações sobre a Saúde municipal podem ser conseguidas pelo Whatsapp institucional, pelo número (69) 3322-2945.

Fonte: Assessoria