A Prefeitura de Ariquemes, através da Secretaria Municipal de Saúde - Semsau, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde - Sesau e Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), recebeu nesta segunda-feira, 11, como uma das estratégias do Plano de Contingência da Dengue municipal, duas máquinas de UBV pesadas, para o controle do mosquito Aedes Aegypti.

Os carros adaptados com bombas para o Ultra Baixo Volume (UBS) são usados para bloquear a transmissão das doenças causadas pelo mosquito e vão cobrir os 09 bairros com maior número de casos confirmados de dengue no município, de janeiro ao início de abril, que são respectivamente: os bairros 6, 4, 2, 5, 3, 1, 9, Jardim Paraná e Rota do Sol.

As ações acontecem em horários estratégicos para otimizar os serviços de borrifamento, sendo realizadas sempre antes do nascer do sol e no pôr-do-sol, quando a temperatura é amena e sem ventos fortes. Os horários de atuação do veiculo fumacê são pela manhã, das 4h30 às 8h30 e das16h30 às 20h30 horas.

O UBV é uma ação de forma a complementar as atividades de combate ao mosquito no município, e é utilizado para promover a rápida interrupção de transmissão das doenças.

A Semsau ressalta que a forma mais eficaz de combater o mosquito é a manutenção dos quintais e eliminação de qualquer criadouro, como fossas destampadas, caixas de água, calhas entupidas, garrafas e recipientes que acumulem água.

Nestas últimas semanas a coordenação de vigilância em saúde e o setor de endemias, em parceria com atenção básica, vêm intensificando as ações de combate aos focos do Aedes aegypti, com atividades de arrastões nos bairros com o maior número de registros.

Orientação:

Recomenda-se os seguintes cuidados no momento da aplicação da UBV pesada nos bairros:

1- As janelas e portas sejam abertas para receber o produto e que continuem assim por duas horas após a dedetização.

2- Animais domésticos, principalmente pássaros, devem ser protegidos contra o produto dentro de casa por um período de duas horas. Bebedouros dos animais e aves devem ser colocados de boca para baixo e serem lavados antes de voltá-los para o lugar. Roupas devem ser retiradas do varal.

3- Orienta-se que produtos de horta sejam consumidos somente no dia seguinte à ação. Pessoas com problemas alérgicos, respiratórios, em situação de saúde precária, crianças, idosos e gestantes também devem ser protegidos do produto.

A Secretaria de Saúde destaca ainda, que os bairros que não forem contemplados neste momento com o UBV, não ficarão desassistidos no controle do Aedes Aegypti, uma vez que os casos confirmados de dengue, chikungnya e Zika Vírus, são atendidos com equipes de agentes de endemias que se deslocam até as residências com orientações aos moradores, e ainda realizam o controle químico com as máquinas costais quando encontrado focos do mosquito.

Fonte: Ariquemes 190