Com objetivo de fiscalizar e coibir o uso de bebida alcoólica por condutores de veículos, o Departamento Estadual de Trânsito – Detran-RO, tem realizado rotineiramente a Operação Lei Seca em várias cidades de Rondônia. Em Porto Velho, a operação aconteceu nas noites desta sexta-feira (8) e sábado (10) em pontos diferentes. Além da Capital, neste final de semana foram realizadas fiscalizações em Jaru e Vilhena.

O Código de Trânsito Brasileiro – CTB, estabelece no artigo 165, que conduzir veículo após ingerir bebida alcoólica ou substâncias psicoativas é infração gravíssima, e no artigo 306, considera que dirigir embriagado é considerado crime. “Por isso, é tão importante as blitzes realizadas pela Direção de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat, que tem realizado suas ações com êxito, no que diz respeito à retirada de condutores embriagados do trânsito” – disse o diretor-geral do Detran, Paulo Higo Ferreira de Almeida.

“É claro que o ideal seria que nossos motoristas cumprissem a lei e não conduzissem nenhum veículo ao ingerir bebida alcoólica, afinal somos todos responsáveis por um trânsito mais seguro e juntos salvamos vidas!” – enfatizou Paulo Higo.

O coordenador da Lei Seca em Rondônia e diretor da Dtfat, Welton Nunes Ribeiro, destaca que as fiscalizações têm sido frequentes, e que é considerado alto o número de pessoas que insistem em dirigir sob influência alcoólica.

“As operações têm sido bem dinâmicas; estamos com equipes em pontos distintos da cidade, para coibir também o crime da comunicação aos infratores de onde ocorrem as ações da Lei Seca. É bom lembrar que este tipo de comunicação é um atentado contra a Segurança Pública, configurando crime da parte de quem o pratica, conforme estabelece o artigo 265 do Código Penal brasileiro” – destaca. As ações da Operação Lei Seca, realizadas em parceria com o Batalhão da Policiamento de Trânsito – BPTran, têm o propósito principal de fiscalizar o cumprimento das leis de trânsito, trazendo segurança para toda sociedade. Em 2022, a Lei Seca completa dez anos em Rondônia.

Flagrantes:

- 90 condutores foram autuados por estarem sob influência alcoólica e 41 prisões em flagrante por crime de embriaguez.


Fonte: SECOM/RO