Apesar de o voto ser facultativo para a faixa etária dos adolescentes, muitos deles tiaram o título de eleitor. (Foto: Voney Malta)


Porto Velho, RO - O interesse do jovem brasileiro pela política tem crescido nos últimos meses, a julgar pelos números de alistamentos eleitorais realizados nos três primeiros meses do ano em todo o país.

Somente entre janeiro e março, o Brasil ganhou 421 mil novos eleitores entre 16 e 17 anos devidamente habilitados para votar. Em dezembro de 2021, 630 mil adolescentes nessa faixa tinham o título. Em março, o número aumentou para 1,051 milhão – crescimento de 58,7%, que ainda pode aumentar, informa o Metrópoles, com base em estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em 2022, o cadastro eleitoral seguirá aberto até o próximo dia 4 de maio, data-limite para a solicitação do título, para transferência do domicílio eleitoral e regularização de eventuais pendências com a Justiça Eleitoral.

Fonte: Brasil247