Viviane, Natália e Brenda assistiram aulas do IDEP no Flora Calheiros - Foto: Assessoria

Viviane, Natália e Brenda têm muito mais em comum do que apenas terem se matriculado no Curso de Marketing de Eventos, realizado pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação Profissional do Estado de Rondônia - IDEP.

No primeiro dia de aula na Escola de Ensino Fundamental e Médio Flora Calheiros, elas foram questionadas pelo professor João Albuquerque porque tinham se inscrito. “Curiosidade!” Foi à resposta das três demonstrando, portanto, que não tinham nenhum interesse específico na temática abordada.

O docente, que leciona também empreendedorismo, resolveu então transformar as atividades de avaliação, numa proposta que além de contemplar o conteúdo programático proposto, funcionasse como uma chave para abrir a porta das oportunidades, motivando as estudantes a se identificarem com tarefas compatíveis com as suas vocações.

Com essa visão, edificou dois pilares fundamentais no alicerce da construção do saber: a contextualização – trazer para sala de aula exemplos do cotidiano do educando – e interdisciplinaridade – utilizar disciplinas diferentes para explorar o mesmo assunto.

Tanto o marketing como o empreendedorismo são dois temas transversais, ou seja, estão presentes em todas as áreas do conhecimento, o que tornou fácil o educador cumprir a sua meta.

As adolescentes foram motivadas então a lançar um negócio e recorrer a vários tipos de marketing para consolidar seus empreendimentos no mercado.Brenda apresentou a ideia de uma linha de maquiagem, enquanto Viviane uma marca de jóias e Natália uma casa de show.

Brenda aprovou a experiência. “Esse curso foi um gatilho para eu começar a amadurecer a ideia de empreender”, declarou à jovem. Assim como as colegas de curso, ela transformou a curiosidade numa fonte inesgotável de conhecimento. E de oportunidades.

Pelo menos o instrutor João Albuquerque já está com o currículo das suas pupilas para encaminhar ao Instituto Chance. A gerente Executiva da empresa, Caroline Araújo, assegurou vagas para estágio e menor aprendiz.

Fonte: João Albuquerque