Joseph Valadão Fantin – medalha de bronze/Foto: Divulgação


Joseph Valadão Fantin, aluno do terceiro ano do Novo Ensino Médio da unidade SESI-SENAI de Vilhena, sob orientação da professora Inês Cirlei B. Fernandes, conquistou medalha de bronze na terceira fase da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) 2021.

A OBF é um programa da Sociedade Brasileira de Física (SBF), com os objetivos de despertar e estimular o interesse pela física; proporcionar desafios aos estudantes; aproximar instituições de ensino superior a escolas de ensino fundamental e médio; identificar os estudantes talentosos em física, preparando para as olimpíadas internacionais e estimulando-os a seguir carreiras científicas-tecnológicas.

O gerente da unidade, Silvio Leite elogiou o aluno, que também tem se destacado, nos torneios de robótica. “Podemos afirmar que ele se tornou referência para outros alunos, isso é gratificante, porque o objetivo do SESI é formar pessoas que se tornem profissionais éticos, que façam a diferença na sociedade e para suas famílias. Parabenizamos e agradecemos o trabalho da professora Inês, sempre à disposição para orientar, aconselhar e apoiar o Joseph nesta jornada”, disse.

Para a coordenadora de educação SESI-SENAI-IEL da unidade de Vilhena, Aline de Souza, “a competição é importante para nossa escola, pois significa uma oportunidade de os alunos mostrarem seus conhecimentos, tirarem suas ideias do papel e até encontrar a sua vocação para dar um rumo na carreira”.

Conforme Aline, o SESI prepara os alunos para o mundo e as olimpíadas podem trazer benefícios aos participantes, inclusive mais visibilidade no mercado de trabalho. Em seu ponto de vista, a dedicação e auxilio dos professores são fundamentais para o resultado obtido, pois são eles que apoiam e tiram dúvidas durante o processo. “Temos orgulho em dizer que temos alunos preparados e o resultado é só uma consequência do trabalho desenvolvido no SESI em parceria com alunos, professores e famílias”, afirmou a coordenadora.

Segundo a professora Inês Fernandes, a OBF pode ser utilizada pela escola como uma ferramenta motivadora ao estudo da Física, levando os estudantes a romperem possíveis barreiras e proporcionando novos e interessantes desafios. “Joseph é um estudante proativo, que busca o conhecimento em todas as áreas, tornando-se uma referência positiva e incentivadora do processo ensino-aprendizagem. Estudar com propósitos, requer esforço e disciplina o qual resulta em grandes conquistas”, pontuou.

“Sempre gostei muito das ciências exatas, em especial Física, e quando, em 2021, descobri a OBF fiquei animado para participar”, comentou o medalhista. “Na minha preparação utilizei às aulas da escola, além de ter estudado por conta própria em casa durante o ano”.

Joseph acrescentou que ficou feliz com o seu resultado e acredita poder contribuir para mostrar como a Física está ao alcance de todos os estudantes. “Ela está muito além da simples memorização de fórmulas, e seu estudo pode ser simples e satisfatório se o foco mudar para a compreensão dos princípios básicos e fundamentais”, finalizou o aluno.

Sobre a OBF

Organizada pela Sociedade Brasileira de Física, a OBF é um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física destinado a todos os estudantes do 8° ano do Ensino Fundamental ao 3° ano do Ensino Médio. Competição com edições anuais, a OBF vem sendo realizada desde 2000 de maneira ininterrupta. Devido a pandemia, a edição 2020 foi realizada de forma remota. Como essa situação persiste, essa forma foi novamente adotada em 2021.

A Olimpíada ocorre em três fases. Na primeira etapa a prova de múltipla escolha é realizada na própria escola. Na segunda, a prova escrita acontece em locais determinados pelas coordenações estaduais da OBF. A última fase é composta por uma prova escrita e experimental em que o aluno realiza um experimento seguindo os passos propostos por um roteiro. As provas são divididas em níveis (I, II e III), sendo o nível I destinado ao 8° e 9° anos, o nível II, ao 1° e 2° anos do Ensino Médio e o nível III ao 3° ano.

>>>Clique (AQUI) e veja classificação dos participantes.

Fonte: Assessoria