Suspeitos estavam com motor e parte da suspensão numa oficina de Vilhena/Foto: PC Divulgação


A Polícia Civil de Cerejeiras prendeu na manhã desta segunda-feira, 28, em Vilhena-RO, dois agentes suspeitos de terem receptados peças do veículo furtado do Conselho Tutelar de Cerejeiras, no dia 14 de março de 2022 no período noturno, em Cerejeiras.

Parte do veículo foi encontrado no dia seguinte totalmente incinerado na zona rural de Vilhena. Leia (AQUI) e (AQUI).

Após diligências investigativas foi apurado que “D.C.S.” de 33 anos e “J.M.A.S” de 27 anos teriam realizado o “desmanche” do veículo pertencente ao Conselho Tutelar de Cerejeiras, no dia seguinte ao furto durante o horário noturno na zona rural de Vilhena, e pretendiam comercializar as peças retiradas.

Os suspeitos foram presos em flagrante delito pelos agentes do serviço de investigação pelo crime de receptação na oficina mecânica que trabalhavam.

No local foram encontrados o motor “completo” do veículo subtraído do Conselho Tutelar de Cerejeiras, assim como peças vinculadas à suspensão do veículo.

A investigação foi presidida pelo Delegado de Polícia Mayckon Pereira, titular da unidade policial, o qual informou que se trata de uma rápida resposta da Polícia Civil ao crime ocorrido e ressaltou o empenho e dedicação dos investigadores na solução do caso.

A Polícia Civil de Cerejeiras já identificou o autor do furto e procederá a conclusão do procedimento investigativo nos próximos dias.




Fonte: Extra de Rondonia