PM em ação – Unisp – Vilhena/Foto: Extra de Rondônia


Uma mulher de 60 anos, que cumpre pena em regime semiaberto por comércio de entorpecente foi presa por policiais da Força Tática no bairro Alto Alegre, em Vilhena, com 11 porções de substancia aparentando ser crack.

Segundo apurado pelo Extra de Rondônia, a guarnição fazia ronda de rotina pela Rua 819, quando os militares avistaram um homem em atitude suspeita, que ao perceber a presença da viatura se comportou de maneira que chamou a atenção dos policiais.

Com isso, foi feira abordagem ao suspeito e em suas vestes encontrado uma porção de substancia aparentando ser crack.

Indagado, o homem disse que era usuário e tinha comprado à droga por R$ 10,00 de uma mulher conhecida por “Preta” e apontou o endereço dela que posteriormente foi identificada pelas iniciais I.S.M.

Os militares da Força Tática foram ao local e em conversa com a suspeita que cumpre pena por tráfico de drogas em regime semiaberto e monitorada por tornozeleira eletrônica, disse as policiais que em sua casa não havia nada de ilícito e autorizou a entrada deles.

Porém, em revista no imóvel, nada de ilícito foi encontrado, mas numa bolsa que a suspeita portava os militares encontraram 11 porções de substancia aparentando ser crack e R$ 42,00 – dinheiro provavelmente oriundo da venda e entorpecente.

Dilate dos fatos, a mulher recebeu voz de prisão e foi levada para a delegacia de Polícia Civil, onde a ocorrência foi registrada.


Fonte: Extra de Rondonia