Foto: divulgação

Porto Velho, RO – O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) disse nesta terça-feira 29.03, durante a sessão plenária da Câmara Municipal de Porto Velho, que está havendo um suposto esquema de favorecimento ocorrendo na Prefeitura da capital para beneficiar a campanha eleitoral da primeira dama, Ieda Chaves.

Segundo ele, o esquema está sendo executado abertamente, sem cerimônias, e ´na cara dura´, por um sobrinho da primeira dama, conhecido por Jonatan, que está cooptando jornalistas, líderes de bairros e de outros segmentos para assumirem cargos comissionados em troca de voto.

De acordo com o vereador, ele vai levar a denúncia ao conhecimento da Justiça Eleitoral e pedir providências para que a situação não torne a disputa desigual para o lado de quem está com a máquina pública em mãos. “Não vou aceitar calado esse loteamento de cargos”, comentou.

Em aparte, o líder do prefeito na Câmara Municipal, Marcelo Reis, disse que caso a denúncia esteja realmente ocorrendo não é com a anuência do prefeito Hildon Chaves. Marcelo também requisitou ao vereador Fogaça algumas provas, inclusive lista de nomeações, se possível, para apuração.

Em resposta, Fogaça disse que ´tudo virá no seu tempo certo´ e que a Casa terá acesso a esse material, inclusive com depoimentos de eleitores, dando a entender que já possui em mãos evidências graves que podem levar a Justiça Eleitoral a tomar medidas de peso para evitar prejuízos contra candidatos.

Fonte: Assessoria