Foto: Divulgação


Um esquema usando CPF para efetuar dezenas de compras foi o fio da meada para Auditores Fiscais da Secretaria de Estado de Finanças de Rondônia (SEFIN/RO) com apoio da Polícia Militar (PM) desvendar esquema de fraude, em Vilhena.

Na prática, eram usados CPF para não pagar os impostos sobre as mercadorias que compravam, tentando burlar a fiscalização, conseguindo melhores preços e criando uma concorrência desleal no setor de Construção Civil.

Neste caso, o comerciante comprava folhas de Alumínio para confeccionar Calhas e não pagava os impostos devido. Com isso, prejudicava outros comerciantes que trabalham dentro da legalidade.

Todavia, nesta quarta-feira, 30, o comerciante recebeu uma nova remessa de folhas de Alumínio compradas no CPF provenientes da Cidade de Sinop – MT, porém os Auditores estavam acompanhando a movimentação do comerciário, foi feito abordagem na hora que a mercadoria era descarregada em local diverso do indicado nas Notas Fiscais, e durante a fiscalização foi comprovada a prática criminosa.

A mercadoria apreendida foi avaliada em R$ 125 mil.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Fonte: Extra de Rondonia