Foto: SEFIN – Divulgação


Na noite de sexta-feira, 18, um caminhão Mercedes Benz/Ateco 3030 – com placa de Pimenta Bueno, tentou entrar no Estado de Rondônia com uma carga de 300 caixas de alho sem nota fiscal.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do Extra de Rondônia, Auditores da Secretaria de Finanças do Estado de Rondônia (SEFIN), Posto Fiscal de Vilhena, ao inspecionar as notas que o motorista apresentou, notaram certa diferença na carga que havia no caminhão, sendo 863 sacos de cebola e 232 caixas de alho.

Contudo, após a vistoria foi confirmado que no caminhão havia no total 532 caixas de alho, 300 sem a devida documentação.

A mercadoria sem nota fiscal tinha como destino as cidades de Cacoal, Alto Paraíso, Presidente Médici, British e Machadinho do Oeste.

O caminhão que transportava as mercadorias sem notas pertence a uma empresa de Cacoal que é do ramo de comércio de gêneros alimentícios.

A carga só será liberada após o tributo de R$ 11.287,50 e a multa do mesmo valor serem recolhidos.

Foto: SEFIN – Divulgação

Foto: SEFIN – Divulgação

Fonte: Extra de Rondonia