As fortes chuvas que causaram estragos em pontes, estradas e nas vias da zona urbana motivaram o prefeito de Alta Floresta, Giovan Damo, a decretar situação de emergência, permitindo agilidade nas ações da municipalidade para ajudar a população. O decreto foi publicado nesta quarta-feira e prevê o uso de propriedades privadas caso haja necessidade de abrigar eventuais desabrigados. A decisão vale por 180 dias.

Há duas semanas, fortes chuvas fizeram o córrego Areia inundar a cidade e desalojar dezenas de famílias. O prefeito colocou toda gestão em alerta para apoiar as vítimas. Com o decreto, ele pode pedir suporte ao Governo de Rondônia. Na semana passada, o governador Marcos Rocha garantiu o repasse de R$ 30 milhões para obras de infraestrutura, apoio as vítimas de cheias, entre outras ações nos municípios afetados pelas chuvas.

Fonte: Rondoniagora