Unidade de saúde de Rio Pardo enfrenta problemas de falta de pessoal e estrutura, constatou Fogaça

Porto Velho, RO - O distrito rural de Rio Pardo, a 386 quilômetros de Porto Velho, enfrenta não apenas problemas como a precariedade de suas vicinais. Os moradores da localidade também enfrentam atualmente e clamam por socorro em relação à única unidade de saúde da localidade, que enfrenta falta de pessoal e de estrutura para atendimento da comunidade.

A denúncia foi averiguada pelo vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) que esteve no local e conversou com funcionários da Unidade de Saúde da Família do distrito. Na unidade, o vereador conversou com o servidor Luiz Américo Gimenez, que é agente de combate a endemias, e que trabalha na função de microscopista de malária (o único do distrito).

O próprio Luiz Américo acompanhou a fiscalização do vereador e mostrou inúmeras situações adversas por quais os servidores e cidadãos do distrito diariamente em função da precariedade da unidade. Lâmpadas queimadas, equipamentos enferrujados e seguros por tijolo, goteiras, medicação insuficiente, banheiro interditado, são algumas dessas precariedades.

“Irei elaborar um relatório sobre essa situação e solicitar da Semusa soluções. A própria distância do distrito da sede do Município já é um problema e essas irregularidades só pioram o estado de necessidade daquela comunidade. O certo seria a reforma da unidade”, ressaltou o vereador.

Confira o vídeo da fiscalização feita pelo vereador.
































































Fonte: Oobservador