O hospital de pequeno porte Francisco Amaral de Brito, em Parecis, foi desinterditado pelo Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero), segundo informou o órgão nesta segunda-feira (21), não apresentando mais detalhes se as irregularidades foram sanadas.

Por outro lado, o Cremero informou que irá decidir nesta terça-feira pela interdição ou não do hospital infantil Cosme Damião, na capital.

De acordo com o Cremero, uma reunião irá definir conduta de ajustes na tentativa de evitar a interdição, com a participação de representantes do Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Ministério Público através da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde de Rondônia, Tribunal de Contas do Estado, OAB, COSEMS, Secretaria de Saúde de Jaru, diretoria técnica do Hospital Infantil Cosme e Damião, Procuradoria-Geral de Justiça, Corpo de Bombeiros Defesa Civil, Agevisa, Setor de Regulação de pacientes de Rondônia e Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.

Desde 2020, o Departamento de Fiscalização do Cremero vem apontando várias irregularidades.

Veja a galeria de imagens:




Fonte: Rondoniagora