Foto: Chuvas fizeram igarapé do Bate-Estacas transbordar e tráfego de veículos ser interrompido por algumas horas - Foto: Paulo Andreoli/Rondoniaovivo

Todos os anos, as mesmas histórias (ou estórias) que causam histeria e preocupação nos moradores de Porto Velho: uma possível abertura de comportas das usinas de Jirau e Santo Antônio que poderiam alagar a cidade.

Um vídeo divulgado durante o último final de semana pelo Rondoniaovivo causou espanto, mas de acordo com a operadora da Usina de Jirau, nada que causasse algum alerta.

A equipe de reportagem apurou no sábado (19), que se tratava de uma operação normal de vertedouro.

O vertedouro tem a função de descarregar toda a água não utilizada para geração de energia e segundo a empresa, não há nenhum tipo de risco.

Mais água

Os repórteres do jornal eletrônico também registraram imagens do transbordamento do igarapé Bate-Estacas na tarde da segunda-feira (21), na Estrada do Cemitério de Santo Antônio, que também dá acesso a usina de mesmo nome e que fica a apenas 7 quilômetros do Centro da capital. O fato interrompeu o tráfego de veículos no local por algumas horas.


Áudios que circularam em WhatsApp no mesmo dia apontavam a notícia de que as comportas da Usina de Santo Antônio seriam abertas por supostamente o lago da hidrelétrica estar muito cheio, com risco de rompimento, a ponto de causar uma tragédia em grande escala.

Em contato com o Rondoniaovivo, a Usina de Jirau reafirmou que está abrindo as comportas do vertedouro apenas em alguns momentos e que a Defesa Civil de Porto Velho esteve no local para fazer uma inspeção também na segunda-feira (21), depois das “fake news”.


Após notícias falsas, Defesa Civil fez inspeção na Usina de Jirau - Foto: Prefeitura de Porto Velho

A Jirau Energia aproveitou para tranquilizar as famílias da região do Baixo Madeira que não há nenhuma possibilidade de rompimento da barragem.

As notícias falsas também fizeram a direção da Santo Antônio Energia (SAE) divulgar uma nota de esclarecimento também no mesmo dia, além de informar à redação que “a usina está operando normalmente, onde as comportas não estão abertas e toda a água está passando pelas turbinas no processo de geração de energia”.

Veja conteúdo na íntegra abaixo:



Fonte: Rondoniaovivo
Texto:Felipe Corona