Foto: Divulgação

Os produtores de soja de Rondônia já iniciaram a colheita do grão. Segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), até o início deste mês cerca de 15% dos 403 mil hectares cultivados com a oleaginosa no estado já haviam sido colhidos.

O percentual corresponde a mais de 60 mil hectares e tende a avançar em um ritmo mais intenso, assim que as condições climáticas estejam mais favoráveis à entrada dos maquinários nas lavouras.

Vale ressaltar que ao mesmo tempo em que se intensifica a colheita da soja, avança em todo o estado a semeadura do milho 2ª safra, utilizando a mesma área ocupada pela oleaginosa.

Na atual temporada, a área ocupada com soja deverá ser acrescida em 1,6% em relação à safra passada, conforme aponta o 5º levantamento de safra divulgado neste mês pela Conab.

O plantio da oleaginosa ocorreu dentro da janela ideal na maioria das regiões produtoras, o que gerou expectativas positivas.

No entanto, o alto custo de produção e a oferta reduzida de fertilizantes impactaram no manejo da cultura, que resulta numa expectativa de produtividade das lavouras mais baixa, podendo chegar a 3.308 quilos colhidos por hectare plantado. Com isso, a colheita esperada é de 1,33 milhões de toneladas, leve queda de 3,1% quando comparado com o ciclo anterior.

O escoamento do principal grão cultivado no estado, por sua vez, inicialmente, ocorre das fazendas, silos e secadores por via terrestre até os portos situados na capital em Porto Velho.

Posteriormente o trajeto é feito via fluvial a partir da hidrovia do Madeira, utilizando-se de comboios com várias barcaças e empurrador, tendo como destino inicial os portos de Manaus-AM, Itacoatiara-AM e Santarém-PA.

Em seguida, o transporte e a exportação são realizados por navios, tendo como principais destinos os portos situados na Espanha, Reino Unido, Turquia, Argélia, Holanda, França, Portugal, Tunísia, México, Itália, Rússia, Grécia, Bélgica, Irã e China.

Mais informações sobre a safra de soja e outros produtos cultivados em Rondônia e em todo o Brasil, acesse a íntegra do boletim do 5º Levantamento da Safra de Grãos 2021/22.
Sugestão de Pauta Direito ao esquecimento.


Fonte: Conab