Programa prevê diversas ações temáticas, tanto em área urbana como nas vias rurais

Porto Velho, RO - 
Comando educativo é o marco inicial das ações da 10ª operação que será realizada até março de 2022.

Com o propósito de reforçar os cuidados dos condutores no trânsito e, consequentemente, reduzir o número de acidentes, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), participa do Programa Rodovida, comandada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A abertura da operação regional aconteceu no sábado (18), na BR-319, esquina com a rua Rafael Vaz e Silva, e deve seguir até março de 2022.

De acordo com a gerente de Educação de Trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), Bruna Burak, o programa contará com a atuação de cerca de 30 agentes de trânsito, e tem duração de três meses em virtude do período de fim de ano, feriados e das férias escolares, um tempo em que o fluxo nas rodovias e no perímetro urbano tende a se tornar mais intenso.

O programa prevê diversas ações temáticas, tanto em área urbana como nas vias rurais. Nos trechos dentro do perímetro urbano, o foco será voltado à fiscalização ostensiva relacionada ao uso de equipamentos obrigatórios, como o cinto de segurança, cadeirinha, licenciamento de veículos, entre outras.


Bruna Burak, gerente de Educação de Trânsito

Também será feita a fiscalização quanto ao respeito aos sinais semafóricos e faixa de pedestre, o não uso de celular ao volante e atuação da “Lei Seca”, ação de enfrentamento ao consumo de álcool na direção.

“É uma operação em que a Semtran está integrada, atuando de forma ostensiva e educativa. Nós tivemos uma redução de acidentes de trânsito bem significativa. Contudo, os casos de vítimas fatais aumentaram.

É por isso que nos colocamos à disposição para somar forças junto à PRF, visando reduzir esse índice. A gestão municipal não mede esforços para dar ênfase na campanha educativa, e é o que temos buscado executar”, declarou.

Além da Semtran, o comando educativo conta com a presença de outros órgãos parceiros, como a Polícia Militar e o Departamento de Trânsito do Estado de Rondônia (Detran). Também fazem parte da programação, a atuação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados do Estado de Rondônia (Agero).

O assessor de imprensa da PRF, Andrei Milton, explica que após uma década de resultados relevantes, a operação ganha um novo patamar e passa a ser realizada com o nome de Programa Rodovida, buscando integração entre os diversos órgãos responsáveis pela segurança viária, sejam em âmbito estadual ou municipal.

“Ou seja, deixou de ser uma operação tocada nas rodovias federais e passou a ser uma operação nacional com foco em trânsito. Então, da rua mais simples até a rodovia mais complexa, os agentes de trânsito estão trabalhando na Rodovida para manter a paz no trânsito e conseguir orientar as pessoas para que dirijam com mais segurança”, detalhou.


Andrei Milton, assessor de imprensa da PRF

RODOVIDA

Iniciada em 2011, a Operação Rodovida é o principal esforço da Polícia Rodoviária Federal no período de férias escolares e grandes feriados.

Após uma década de resultados relevantes, a operação ganha um novo patamar e passa a ser realizada com o nome de Programa Rodovida, buscando integração entre os diversos órgãos responsáveis pela segurança viária, sejam em âmbito estadual ou municipal.

O Programa teve início no dia 10 de dezembro, com a abertura oficial realizada em Brasília e tem o término previsto para o dia 6 de março, após o feriado de carnaval.

Texto: Jaqueline Malta
Foto: Wesley Pontes
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)