Produtor rondoniense fica em 3º lugar em concurso nacional de qualidade do cacau


Mauro Celso Tauffer, de Buritis (RO) concorria na categoria varietal. Essa foi a primeira edição com representante de Rondônia na disputa.


Porto Velho, RO - O produtor Mauro Celso Tauffer, de Buritis (RO), ficou em 3º lugar no III Concurso Nacional de Qualidade do Cacau. Ele concorria na categoria varietal. A cerimônia de premiação aconteceu na noite desta segunda-feira (22), na Bahia.

"Meu coração está a mil. A gente começou com cacau há pouco tempo e já estamos na disputa. Para mim é uma grande felicidade. Eu estava na dúvida se vinha ou não [para a Bahia] sou meio medroso, estava com medo de andar de avião, mas fizemos uma boa viagem e é bom demais representar Rondônia e Buritis", comentou Mauro após ganhar o prêmio.


Essa é a primeira vez que um produtor de Rondônia participa do evento. Durante os discursos de abertura o estado foi chamado de "protagonista em qualidade" e de "boa surpresa para a cacauicultura".


Nas as etapas de classificação do concurso, o júri técnico analisou a qualidade sensorial dos produtos, a qualidade das amêndoas, do licor e também julgou a sustentabilidade, avaliando se os inscritos respeitam as boas práticas de produção.


No total, mais de 94 amostras foram inscritas no concurso e 22 chegaram à final concorrendo a mais de R$ 24 mil em prêmios.


Produtor rondoniense fica em 3º lugar em concurso nacional de qualidade do cacau — Foto: Reprodução

O cacau é um fruto nativo amazônico, no Brasil a produção acontece principalmente em Rondônia, Pará, Bahia e Espírito Santo. Segundo a Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC), o cultivo é feito, geralmente, junto a áreas próximas de cupuaçu, banana e floresta nativa, em um tipo de produção conhecida como Sistema Agroflorestal (SAF).

Concurso em Rondônia


O 1° Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau de Rondônia (Concacau) está marcado para acontecer entre os dias 24 e 25 de novembro, no município de Jaru (RO).


O evento tem o objetivo de incentivar o cultivo do cacau no estado e premiar os melhores produtores, que concorrem a R$ 23,1 mil em prêmios.


No dia 24 será feita a degustação dos chocolates originários das amêndoas dos cacaus que foram inscritos no concurso, e no dia 25, acontecerá a premiação. De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), 38 produtores de cacau de todas as regiões de Rondônia participam do concurso.




Postar um comentário

0 Comentários