EM LIBERDADE - Júri absolve acusado de matar Jojo Todinho

 


Porto Velho, RO - Os jurados do Conselho de Sentença absolveram o acusado Anderson Rodrigues de Souza, vulgo ´Piá´, do bárbaro assassinato de Valdinete de Jesus Oliveira, a Jojo Todynho, ocorrido no dia 21 de julho do ano passado, na Vila Nova União, entrada de Cujubim pela BR 364, no município de Alto Paraíso. O julgamento aconteceu na semana passada, na sala do júri da 1ª. Vara Criminal de Ariquemes.

´Piá´ foi solto por ordem do Juízo após o julgamento. O Ministério Público vai recorrer da sentença para anular o júri, mantendo sua acusação de que o réu cometeu homicídio triplamente qualificado - art. 121, §2º, I (motivo torpe), III (meio cruel) e IV (recurso que dificultou a defesa da vítima; surpresa), previstos no Código Penal.

Segundo investigações policiais, o crime foi cometido por questões relacionadas a uso de entorpecente. O homicídio teria sido presenciado por duas testemunhas, que estavam em casa, acompanhadas da vítima. Segundo elas, Piá chegou na residência e bateu na porta, alegando que perdera as chaves e que queria entrar para dormir com a vítima.

Jojo Todinho foi morta com diversas facadas.

Postar um comentário

0 Comentários