No 6º Concafé, agroindústrias demonstram o potencial da agricultura familiar em Rondônia

Cerimônia marcou a abertura oficial do 6º Concafé na manhã desta quinta (21)

Porto Velho, RO - Uma solenidade realizada na manhã desta quinta-feira (21) marcou a abertura oficial da 6ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), promovido pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), bem como a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado (Emater-RO) e Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron). Autoridades federais, estaduais e municipais deram as boas vinda aos cafeicultores e visitantes que vieram de municípios rondonienses para participar de mais uma edição do evento voltado à cafeicultura.
O presidente da Emater-RO, Luciano Brandão avalia o evento. “Hoje nós estamos em Cacoal, em nome do governador Marcos Rocha, iniciando o 6º Concafé. Este ano o evento, no espaço Beira Rio, será realizado em dois dias. Na sexta-feira (22), acontece a tão aguardada premiação dos melhores cafés de Rondônia, com a presença do governador do Estado. Estamos muito satisfeitos, pois desde cedo o público está comparecendo e prestigiando o evento do Governo de Rondônia em prol do agronegócio”, destacou.

Por sua vez, o secretário de Estado da Agricultura, Evandro César Padovani, reforçou o convite para a cerimônia de premiação desta sexta-feira (22). “Vamos conhecer os melhores cafés de Rondônia, em um evento com a presença do governador Marcos Rocha. Todos vão poder acompanhar essa premiação, que será transmitida ao vivo pelas redes sociais do Governo de Rondônia no YouTube e no Facebook, a partir das 9h”, enfatizou Padovani.


Concafé também agrega agroindústrias e artesãos rondonienses

Além da programação voltada à cafeicultura, como palestras, oficinas e seminários, o Concafé ficará marcado pela participação de agroindústrias de todos as regiões do Estado. De Cacoal, a família Garcia está aproveitando o evento para expor a linha de produtos das agroindústrias de Alimentos cacoalense.

Segundo o agroindustrial, Gilmar Garcia,“nesta feira, vem gente de todo o Estado e é uma excelente oportunidade para a gente demonstrar um pouco do nosso trabalho. Quando o Governo do Estado realiza esse tipo de evento, abre a oportunidade para as agroindústrias mostrarem a sua capacidade, a qualidade de seus produtos e todo o potencial muito grande que existe em Rondônia”, enalteceu.


Proprietários das agroindústrias destacam oportunidades

De Colorado do Oeste, Ademar Santos é proprietário de uma agroindústria e enfatiza, “para nós, é uma satisfação muito grande estar presente ao Concafé 2021. É uma chance de mostrar os nossos produtos para pessoas de todo o nosso estado, de outros estados do Brasil e até mesmo de outro países, que acompanham este grande evento. O Governo do Estado tem sido muito parceiro das agroindústrias e essa parceria é fundamental. Posso dizer que este governo está nos ajudando demais, abrindo oportunidades para as agroindústrias mostrarem o que tem de melhor”, declarou, Ademar.

Além das agroindústrias, uma feira de artesanatos está acontecendo nos dois dias de evento e a cultura indígena também está presente. Representantes das etnias Surui e Cinta Larga, estão tendo a oportunidade de expor e comercializar seus artesanatos e artefatos, como colares, cocares, arcos e flechas. De acordo com o jovem Tony Cinta Larga, eventos como o Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia, trazem aos indígenas a oportunidade de mostrar um pouco mais da cultura e do trabalho desenvolvido por cada etnia.

O indígena João, acrescenta que o evento, “não só contribui como também incentiva, nós indígenas para continuarmos a fazer nossos artesanatos e continuar firme em nossa cultura. É uma possibilidade de expor o nosso trabalho e fazer disso uma fonte de renda para as comunidades”, reforça.


Vinagre de frutas como jabuticaba, banana, açaí, cupuaçu e maracujá estão dispostos no 6º Concafé

Postar um comentário

0 Comentários