O Governo de Rondônia conseguiu aprovação junto à Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE) para abertura de Crédito Adicional Suplementar de R$ 150 mil em favor da Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Cientificas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (FAPERO). O recurso vai incrementar o orçamento da fundação e fomentar o Programa Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (SUS): gestão compartilhada em saúde, o PPSUS, que está em sua 7ª Edição.

Em mensagem enviada à Casa de Leis, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, escreveu que o “programa visa o apoio financeiro ao desenvolvimento de pesquisas com intuito de contribuir para a resolução dos problemas prioritários de saúde da população brasileira ao aprimoramento do SUS, bem como promover a aproximação dos sistemas de saúde, ciência e tecnologia locais e a redução das desigualdades regionais em ciência, tecnologia e inovação em saúde no Estado de Rondônia”, afirmou.

De acordo com o diretor científico da FAPERO, Andreimar Martins Soares, o programa vai colaborar com o Estado  no desenvolvimento de projetos de pesquisas que busquem promover a melhoria da qualidade da atenção à saúde em Rondônia, contribuindo para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde (CT&IS) no contexto do SUS loco-regional da Amazônia Ocidental. “O sistema de CT&IS na região encontra-se subdimensionado e as estratégias que podem mudar essa realidade requerem investimentos, fixação e capacitação de Recursos Humanos (RH)”, observou o diretor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui