Sistema de Comando de Incidentes para enfrentamento da Covid-19 em Rondônia alinha transparência de dados com CGE

Sistema de Comando de Incidentes para enfrentamento da Covid-19 em Rondônia alinha transparência de dados com CGE

Porto Velho, RO Integrantes do Sistema de Comando de Incidentes – Sala de Situação Integrada (SCI), composta por membros da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia (CBMRO), se reuniram com o controlador geral do Estado, Francisco Netto, na última sexta-feira (17) para alinhar a melhoria da qualidade da transparência de dados.

‘‘A compilação de dados é um trabalho técnico muito importante, pois é a partir dessas informações que gestores podem elaborar e planejar as melhores estratégias de enfrentamento da pandemia. Nós estamos reunidos constantemente para transformar os números em ferramentas importantes de gestão’’, afirma a diretora da Agevisa, Ana Flora Camargo Gerhardt.

O secretário-executivo da Defesa Civil do Estado, major Tadeu Sanches, que é um dos gestores do Sistema de Comando de Incidentes, informou  que todos os esforços são feitos para dar transparência aos dados de forma precisa e célere. O major também agradeceu todo o apoio que o sistema tem recebido da Controladoria Geral do Estado (CGE).

‘‘Rondônia saiu na frente com a Portaria nº 63, da CGE, publicada no Diário Oficial no dia 20 de março, com informações relacionadas às despejas públicas, como processo, valor e fornecedor’’, afirma o controlador. O documento (página 12) orienta, traça diretrizes e alerta as unidades administrativas orçamentárias acerca de procedimentos e boas práticas de instrução, governança e transparência relacionadas a eventuais contratações diretas, por emergência ou calamidade pública, com fulcro no art. 24, IV, da Lei n. 8.666/93, bem como as motivadas pela declaração de calamidade pública dispostas no art. 18 do decreto estadual nº 24.887/2020.

Painel interativo de casos da covid-19 em Rondônia está na paginá institucional do governo de Rondônia

MONITORAMENTO

Francisco Netto informou ainda que a CGE está monitorando os dados qualitativos em relação ao enfrentamento a Covid-19. ‘‘É importante que se veicule para a sociedade a evolução dos casos da doença diariamente, sexo, idade e qual município pertence a pessoa que teve o caso confirmado para a doença. Isso dá qualidade aos dados para a população e permite que os gestores sejam subsidiados para a tomada de decisões”, considera.

O alinhamento de ações e o trabalho integrado de sistemas é considerado essencial para a eficácia da transparência de dados. ”O desafio que temos é fazer todas as unidades públicas de Saúde do Estado e também os laboratórios particulares prestarem informação em tempo real para que possa municiar a sociedade com a consolidação dessas informações’’, acrescenta o controlador.

O major Sanches reforça que, somado a esse existe, outro desafio, o de diariamente ser necessário tratar e auditar relatórios gerados pelo e-SUS, sistema do Ministério da Saúde. A medida é considerada importante para garantir a confiabilidade dos dados.

A transparência das ações de governo é uma determinação do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e faz parte do Planejamento Estratégico de Rondônia 2019-2023. ‘‘A transparência é um trabalho que exige melhoria contínua, pois não é apenas disponibilizar os dados, mas com qualidade, de forma que todos possam compreender e participar do monitoramento das ações’’, esclarece o controlador.

Todas as ações e medidas de prevenção e controle da Covid-19 estão concentradas na página www.coronavirus.ro.gov.br, assim também como as compras que são realizadas para dar estrutura às demandas geradas pela pandemia podem ser consultadas pelo Portal da Transparência (www.transparencia.ro.gov.br).

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA