Governo de Rondônia distribui 677 kits de autotestes de HIV aos Serviços de Atendimento Especializado

Governo de Rondônia distribui 677 kits de autotestes de HIV aos Serviços de Atendimento Especializado

Porto Velho, RO – O Governo de Rondônia, por intermédio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), iniciou na semana passada a distribuição de 677 kits de autotestes de HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) para a ampliação de acesso à testagem durante a emergência de saúde pública causada pela pandemia da Covid-19. O exame é destinado à população prioritária que abrange homossexuais, lésbicas, bissexuais e transexuais.

A diretora geral da Agevisa, Ana Flora Camargo Gerhardt, ressalta que um dos objetivos da testagem é reduzir o tempo de permanência das pessoas nos serviços de saúde e agilizar o atendimento de suas necessidades durante a pandemia da Covid-19. “É importante que as populações-chave e prioritárias nos Serviços de Assistência Especializada IST, HIV/Aids e Hepatites Virais realizem o autoteste”.

Para a biomédica e responsável pela Assistência do HIV/AIDS do estado de Rondônia, Adalgiza de Souza Botelho, essa ação mantém a oferta de testagem para pessoas em situação maior de vulnerabilidade (população prioritária) para a infecção HIV. “Dessa forma o autoteste não deve ser distribuído em substituição aos demais testes rápidos para todas as pessoas que buscam os serviços, para que essa população prioritária não fique desassistida”, ressaltando ainda, que a oferta do autoteste não exclui a necessidade de identificação de outras demandas, tais como, investigação e tratamento de outras doenças como Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), principalmente a Sífilis.

Essa ação é uma demanda do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI), repassada para todas as coordenações estaduais e municipais de IST, Aids e Hepatites virais do Brasil. “No estado de Rondônia, a ação está sendo promovida pela Agevisa, junto com o Núcleo de IST, Aids e Hepatites virais e repassadas às dez unidades de Serviços de Atendimento Especializado (Saes). Os testes foram adquiridos pelo departamento e repassados às coordenações, que informam o quantitativo a ser distribuído, mediante o acolhimento no serviço com preenchimento dos dados”, explica Adalgiza.

Os exames podem ser realizados nos Saes, nos seguintes municípios: Porto Velho (Policlínica Oswaldo Cruz), Gujará-Mirim, Ariquemes, Ji-Paraná, Costa Marques, Rolim de Moura, Cacoal, Pimenta Bueno e Vilhena. Os horários de atendimento são das 07h30 às 13h30, lembrando sempre das orientações de saúde às medidas de prevenção do Covid-19.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA